terça-feira, 12 de agosto de 2008

Falsa delicadeza...

Eu tenho que agradar teus amigos para te agradar também?
Esse é meu questionamento.

Não. Eu não preciso agradar "o amigo, do amigo da amiga da tia do meu conhecido". Assim eu penso.

Eu jamais ficaria ofendida, caso alguém se recusasse a "fazer algo" apenas para agradar algum conhecido meu que não tenha intimidade nenhuma com ele.

Pois é.

Alguém se ofendeu. Eu disse não. Não sou obrigada a agradar uma pessoa que praticamente não conheço só para agradar alguém que eu goste. Não sei se estou certa, mas eu penso.

Cairia algum pedaço meu? Não. Mas eu não quis e não vou fazer. Se fosse para agradar uma pessoa que eu gosto, no princípio até reclamaria, mas acabaria por fazer uma gentileza mesmo sem estar com vontade, se eu gostasse muito da pessoa.

Agora eu fazer algo que não estou afim só para não "magoar" um amigo que quer agradar uma pessoa que eu não tenho intimidade. É o fim.

É por uma dessas que muita gente não gosta de mim.

5 comentários:

Tassi disse...

Antes de mais nada, obrigadíssima pelos parabéns e pelas palavras. De verdade! - Ah, 18 anos é estranho, não sei por que hahaha Mas tô curtindo. É legal ;)

Quanto ao que escreveu, realmente, fazer algo para agradar não sei quem por delicadeza ou não para com outro que estimamos, às vezes implica diversas observações. Há quem não mereça. E vice-versa. Enche a paciência ficar agradando 'fulano' ou 'beltrano', por isso ou por aquilo e ainda tem que ouvir tal reclamar. E pior, quando não queremos porque sabemos o real motivo, e a pessoa não entende.

Coisas que é preciso saber lidar. Paciência é o que há! =/


bjos queridona e até mais ver ;*

Youko Watanabe disse...

Lula Molusca..
Ainda posso te chamar assim? rsrs
Já chamei..
Eu tbm não faria, é o fim realmente..
Ultimamente isso eh muito comum, mas não é por isso que seja uma obrigação.

Resolvi viajar, volto quinta, te conto tudo.
Beijos

Nanda Assis. disse...

mas vejo que isto mexeu com vc. acho que no fundo vc qria sim fazer a gentileza, e agradar a quem pediu, mas não pensou bem na hora, e agiu de seu impulso, e agora sente uma ponta de culpa por isso. essa é minha opinião. mas não acho que seje motivo, para que não gostem de vc. quem te gosta de vc, conhece seu bom coração, e a prova disso, de que tem bom coração, é que esta história te fez pensar.
bjosss...

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia!

Tb não agradaria.

uma otima tarde.


beijooo.

Dora disse...

Aqui no Nordeste temos um ditado que diz "quem a boca do meu filho beija, a minha adoça", significando mais ou menos isso: quem agrada aos que eu amo tem muita chance de me agradar também.
Se é certo ou não, eu não sei. Mas acho que é verdade. Acho que alguém que a gente ame fica feliz em ver que nos esforçamos em agradar alguém somente por consideração a ele mesmo... Pra te ser sincera, eu não sou tão altruísta assim e nem sempre faço isso. Mas pesando e medindo, algumas vezes acho pertinente sim. Então no seu caso, cabe somente a você saber se valia a pena ou não...
Cheiro de novo.
[eu ando sem tempo de aparecer aqui e aí fico curiando todos os teus posts...rs rs rs rs]