sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Tempo é vida!

Acredito que todos já tenham visto na midia a nova campanha do Ministério da Saúde para a doação de orgãos. O comercial simplesmente é lindo. Pra quem não viu:

CONSIDERAÇÕES SOBRE O TEMPO

“Cinco segundos caminhando na praia é pouco
Cinco segundo caminhando sobre brasas é muito
Cinco minutos para quem precisa dormir é pouco
Cinco minutos para quem precisa acordar é muito
Um fim de semana de sol é pouco
Um fim de semana de chuva é muito
Um mês de férias é pouco
Um mês sem descanso é muito
Uma vida pra quem doa é muito
Mas uma vida pra quem espera é tudo
Tempo é vida.”

(Ministério da Saúde e Governo Federal)
~♥~

Tempo é vida!

Muitas pessoas nesse exato momento correm contra o tempo. Cada segundo é importante. Doe órgãos. Doe vida. Lembre-se: A medula óssea é um orgão que se pode doar em vida e que se regenera rapidamente!

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Já tô indoooooo!



Alguém ai conhece esse lindo componente mais que necessário de um banheiro? É ainda é usado em algumas residências. Na minha principalmente!

A tal da caixa de descarga!...

E como sempre não foge a tradição, todo lugar que eu vou morar a primeira coisa que da "chilique" é o banheiro e seus componentes.

Ontem estava eu aqui, sentadinha.. ouvi um barulho de água caindo. Nem me stressei. Afinal é normal por aqui o chuveiro em estado de loucura soltar uns pingos fora de hora. Quando levanto e vou usar o "dito" banheiro, deparo-me com a cena da caixa praticamente caida alagando o banheiro.

O que eu faço? Imaginaaa .. ligo pro Sir Sapo desesperada! Primeiro ele tentou dizer que não dava para ele vir (isso era meio dia!). Ai eu ameacei de fechar o registro e deixar TODOS sem água o dia todo! (o registro da água fica no meu quintal e acredito eu que seja o mesmo para as 3 casas!). Como o Sir Sapo sabe que eu sou doida. Dissse:

-"Ja tô indooooooo!".

E eu me posicionei a segurar aquela caixa fedida e horrorosa, antes que ela demolice o banheiro e sujasse tudo mais ainda! E aquele "Ja to indo" que nao chega... quando meu braço estava adormecido ele chegou.

Olhou a situação. E se matou de rir da minha cara!...

Por que..?

-Era só encaixar "a caixa" nos trequinhos da parede!...

Com certeza eu não nasci pra encanadora!E pra nada que tem haver com arrumações de problemas domésticos!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Homem de fábrica!

Existe coisa pior que "desentendimento" via msn? É algo ridículo. Mas até em msn meu sangue ferve e eu "leio" o que não quero e respondo o que a outra pessoa não gostaria de "ler".

Aconteceu nesses dias de carnaval. Eu sempre no meu mesmo Bat-Msn, no mesmo Bat-Horário, com a mesma Bat-Pessoa.

Ela comentando sobre uma blusa que queria comprar. Mandou as imagens. Pediu minha sincera e requisitada opinião. Eu perguntei o preço e ela me disse (temos intimidade para isso!) Eu comentei que achava cara onde ela queria comprar.

Depois de um tempo ela veio comentar que estava guardando dinheiro para a compra da moto dela. Ai ela me perguntou qual era a marca da moto que meu marido comprou, preço, total a vista, prestações. Eu disse numa boa.

Só que ela somente não se contentou em saber tudo e resolveu comentar o assunto a própria sorte. Criticou por não ser uma "Ronda"*. Que era um absurdo pagar metade em juros, etc etc.. como dizem por ai... "desceu a lenha!". Disse que ela prefere comprar tudo a vista!

Eu lendo tudo, o sangue subindo, esperei ela terminar o seu belo discurso e disse: " Pra ti é fácil guardar dinheiro, tu não tem despesa nenhuma, mora na casa de papai e mamãe, não ajuda em nada, e todo dinheiro que tu pega é pra ti.".. ".. e que nós temos muitas despesas e que ninguém gosta de pagar juros, mas se não fizer a divida não se compra nada!".

Ela me conhecendo bem, concordou, demos uma disfarçada e eu sai do msn. E não reapareci tão cedo pra ela.

O que me irritou profundamente foi a critica e principalmente o que é sempre válido "colocar-se no lugar do outro". Mas ela vive outra realidade. Solteira, mora com pai e mãe, não paga aluguel. Não faz nada, não ajuda em casa. Ai fica fácil guardar dinheiro e vestir roupa de marca!.

Vamos ver se essa pompa vai continuar o dia em que casar. Mas como a figura é tão enjoada em relação a homem, acredito que isso não aconteça tão cedo. Até por que ainda não inventaram lojas onde se vendem homens personalizados, que você escolhe o modelo e ele tem adicionais de fábrica que você pode escolher:

• Falar mais de um idioma ou para as que tem menos dinheiro.. que ele fale um português razoavel.
• Gostar de ler e para as com menos poder aquisitivo, que o homem saiba ler.
• Sem vicios. E paras as que vão pagar a prazo, tenha apenas um vicio e que não viva nos bares da vida.
• Pratique esportes. Para as mais pobres: que ele goste de futebol e se contente em assistir pela TV.
• Seja da "igreja". E para as que usarem o cartão: que ele acredite em Deus.
• Vaidoso pagamento a vista. Parcelado: Não use seus cremes e perfumes.
• Rico e para as demais: Trabalhador e honesto.
• Inteligente e para quem gosta de uma parcelinha: Que ame e se preocupe com a mulher.

Como a pessoa em questão gosta mesmo é de pagar a vista. Ela poderá ter o melhor que se pode ter de um homem. Porém, ainda não existe homem mandado fazer.. ... e até ela juntar dinheiro.. demora!..

A realidade de uma mulher muda quando ela casa.
Por que ai não é mais "eu" é "nós".

*A marca foi escrita como se fala, por que não quero entradas do google por aqui, por causa disso.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Ainda sobre a enchente..

Pare o mundo que eu quero subir!...
Alusão a frase do Raul Seixas "pare o mundo que eu quero descer"...

Eu tenho muita esperança que o mudo não está perdido, que ainda existem pessoas nobres. Apenas não tinha encontrado fatos que comprovassem isso. Escrevi em alguns textos sobre a minha indignação com algumas "pessoas" (sou obrigada chama-los assim!). Pessoas que aproveitaram da desgraça que aconteceu na enchente para beneficio próprio, aproveitando-se de doações que foram enviadas pelo Brasil inteiro para os vitimados.

Bom. Vamos abrir um parenteses nessa história. Existem pessoas que merecem um post em um blog. Existem pessoas dignas de agradecimentos.

Sábado. Inicio da noite. Sir sapo no portão. Eu na cozinha "curiando" ele pela janela. Passa um carro branco.. devagarinho.. devagarinho.. para em frente ao nosso portão. Desce uma mulher.
Eu fiquei olhando aquela situação pensando: quem era aquela mulher? será que era aqui em casa? será que ela nao estava confundindo com antigos moradores....

A mulher desde do carro, e abre a porta de tras.. e eu na janela pensando: Ahh ela deve ter vindo largar alguém.

A mulher desce do carro, abre a porta e pega uma sacola.. e vem na direção de nosso portão. E eu na janela pensando: Sim ela so pode estar confundindo com antigos moradores ou quer deixar algo para os donos que nao estao em casa.

A mulher vem na direção do portão e pergunta a Sir Sapo se nós aceitavamos produtos de limpeza. Ele disse sim. E veio com a sacola pra dentro de casa. Eu perguntei a ele se ela estava vendendo.
Depois observamos que a mulher continuou na rua fazendo o mesmo com algumas pessoas e casas escolhidas. A ficha demorou a cair, afinal ninguém está habituada a ganhar nada de graça!....

É, ela estava distribuindo produtos de limpeza no nosso bairro. Aqui quando ocorreu a enchente a agua chegou a ultrapassar a altura da janela. Ela deve ter achado que nos fomos vitimas, nem deu tempo de reagir, explicar, dizer que nos nao precisavamos.. ela so entregou e saiu. Percebemos que das casas ao redor a nossa foi a unica que ela parou e entregou. Depois chegamos a conclusao que fomos escolhidos, por que eramos os unicos que nao estavamos fazendo "festa". (Bebendo na frente de casa)

Ela também entregou para algumas senhorinhas, algumas crianças.

Se pensarmos, ela estava fazendo isso, com certeza com carro dela, combustivel próprio, tempo de folga de sabado a noite... enquanto muitos outros aproveitaram pra ir pular na praia..

*Meu agradecimentos a essa pessoa, não pelo "bem material".. mas a essa mulher que de carro branco, passou deixando um pouco de esperança em cada casa.. de que existem pessoas boas! *

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Minha protegida





Não tenho irmãs, e nem irmão mais novo. Nunca precisei zelar por ninguém. Sempre fui a protegida.
Mas hoje me peguei com o coração apertado preocupada com uma irmã de coração. Percebi que eu tenho me preocupado mais com as pessoas que eu amo. Maturidade?
Mas ainda me sinto egoista, não gosto de sofrer por ver alguem que eu tanto gosto sofrendo, sem poder ajudar.
Sinto-me preocupada. Essa preocupação vem do carinho. Proteção. Querer formar um escudo e protege-la do mal de todo o mundo. Eu não tenho esse poder.
Apenas posso sofrer junto e em silêncio.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Homens e futebol

Apesar da ótima escola que tive em casa através do meu pai em relação a malandragem masculina, acredito que não aprendi muita coisa.

Uma coisa que não aprendi foi a ser ciúmenta e insegura. Não julgo os homens pelas vagabundices de meu pai.

Podia ser a mulher mais tirana do mundo. Como disse tive escola e não aprendi. Minha mãe sempre foi uma mulher submissa e sempre aceitou tudo o que meu pai fez. Eu não.

Sou muito criticada por outras mulheres por permitir que meu marido jogue futebol com os amigos uma ou duas vezes por semana. Que mal ha nisso?

Ele vai lá, joga.. corre, se diverte e sempre volta depois de 1h e 30. Volta feliz. Isso é o legal. Eu permito que ela faça o que ele gosta. Ninguém gosta de ser oprimido. Eu sei que se eu disser: "Não vai ou não vá". Ele irá atender ao meu pedido. Mas por que eu vou tirar esse direito ao prazer que ele sente em jogar uma partida de futebol, falar porcaria com os amigos, ficar fedido e sentir-se livre?

Caso algum dia ele queira me desrespeitar, não será proibições minhas que ira impedir que ele cometa esse erro. Eu confio. Ele não me da motivos para desconfianças.

Permito a ele algumas horas de liberdade para que eu também tenha meus momentos livres para que eu também possa fazer o que eu gosto, como ficar livre na internet a noite.

*As imagens do post abaixo são do Cascão na nossa antiga casa, na nova moradia ele ainda não ficou a vontade para poses (risos)*

Esgualepada


Voltei...

Pois é. Já estou em minha nova residência. Nem da para comentar todas as diferenças daqui. Começando pelo barulho. Existe. Mas não de música alta e barulho de gente "falando gritado".

Foi a pior mudança de todas que eu já fiz. E já fiz muitas, algumas por necessidade e outras por que meu coração cigano ficou dando pulos, como essa. Espero que seja a última.

Quinta-feira, eu já tinha tudo arrumado. Eu fiquei praticamente a semana passada nessa função. Arrumar, organizar e limpar. Não comia direito e dormia menos ainda. Pensei que quando chegasse aqui teria descanso, que nada! Até arrumar, organizar e limpar. Só terminei ontem.

Estou muito cansada, com muita dor nas costas, ontem nem conseguia dormir por causa disso, hoje não fico muito por aqui.

Foi a mudança mais cansativa de todas. Valeu a pena, pelo lugar. Pela cidade. Voltei a civilização. Sem faltar água, sem faltar luz, o caminhão do lixo passando tres vezes na semana (lá ele passava uma vez e olha lá, faltava água todos os dias e nos últimos tempos vinha faltando luz toda noite).

Tive que enfrentar uma barra ao sair de la. O pessoal "se ofendeu". O clima andou péssimo. É chato isso, é como se a gente tivesse obrigação de aturar tudo e ainda pagar pra morar lá. Até cara feia tivemos que aturar. E aposto que a gente ainda sai de errado.

O Cascão está a me dar problemas. Está ainda um pouco assustado.

Ele teve que se despedir de sua janela.. de suas caças e suas saídas noturnas. Aqui ele ainda está bem pertubado. Com medo. Isso é normal, logo eu sei que ele já andara a correr atras dos pobres passarinhos. Voltou no tempo das fraldas, tive que comprar areia pra ele. Ele passou a dormir a noite e de dia miar atras de mim. Mas como em todas as mudañças, eu sei que é somente uma fase.

E como as imagens mostram, Cascão em dia de mudança, dá pra ver que até ele estava Esgualepado.

PS: A cara nova do blog eu devo a Dona Youko Watanabe do Blog Corda Bamba, ou Izzie como ela andava conhecida por aqui. Ou ainda Sandy Bochechas, ou melhor ainda, Sandy Izzidora Bochechas, esse foi meu lindo presente de aniversário que eu já fiz caca inumeras vezes ;).

*Obrigada a todos pelo carinho e preocupação*

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Mudança a vista!

Pessoas.. passo para avisar, que devido essa loucura de mudança, está na hora de meu computador ir para a caixa. Mudo quinta no final da tarde. Bem provavel que sexta ou sábado eu volte. Sabe como é o vicio, uma das primeiras coisas que arrumarei será o computador. Ainda me falta coragem de tanta coisa que tem para arrumar. Minha máquina de lavar roupa resolveu estragar ontem. O Sir Sapo ainda nao me arrumou as caixas. Só tenho a caixa do computador mesmo. Ainda tem a geladeira que está gritando la da cozinha: " Me limpa!!!". O fogão já desistiu de gritar. O Cascão está a me olhar com aquela cara de perdido, com certeza pensando "Ahh! Mais uma mudança!". E eu que tenho que me virar.

Saudades...

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Bodas de Madeira


Nunca fui das meninas que sonhei um dia casar, ter filhos. Brincava de casinha, mais pelo prazer da brincadeira do que uma preparação para uma futura união matrimonial.

A vida me pregou uma grande peça. Um dia descobri o amor. Descobri que os homens eram principes encatados que viram sapo com o tempo. A 5 anos atras entrou um lindo sapo verde em minha vida para me ensinar do que o amor era capaz. Ensinou-me o que é confiança. Ensinou-me o que é amor responsavel. Ensinou-me o que é amor incondicional.

Ensinou-me que não é preciso vestido de noiva, aliança e uma festa linda, para que as palavras: "Prometo amar e te respeitar, na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, até que a morte nos separe". Não sejam apenas palavras, sejam dignas da verdade.

5 anos não são 5 dias. Dia a dia. Adoro o ver acordando de mau humor. Contando piadas que deixariam qualquer freira ruborizada. Tendo chiliques por causa de minhas tolices. Dizendo que me ama e que faz qualquer coisa por mim. E rindo diz que aqui em casa quem manda sou eu.

5 anos não são 5 dias. Várias crises. Várias lagrimas. Vários sorrisos. E continuemos caminhando na mesma estrada lado a lado. Até que a morte nos separe.


*Sábado, dia 7 de fevereiro. Fiz 5 anos de casada*

*Boa semana a todos*

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

O dia D...


A exatamente 27 anos atras, as 10:34 min. mamãe me libertou de sua enorme e linda barriga.

Nasci com hora marcada. E como sempre tive que aprender a esperar. No momento em que minha mãe estava sendo preparada para a sua cesaria, teve que dar espaço a uma mulher que estava entrando em trabalho de parto.

Eu podia esperar. Aquelas meninas gemeas não. Crianças que minha mae ainda deseja reencontrar por curiosidade em conhecer aquela mulher a quem ela cedeu o espaço.

Nasci as 10:34, segundo a minha certidão de nascimento. Era para nascer dia 5 de fevereiro. Mas nasci dia 6!.. E dúvido muito que nasci nesse horário, quer dizer que quando o médico me colocou pra fora olhou para o relógio e até olhou os minutos: 34???

Se fosse nos dias atuais, mas a 27 anos atras, sabemos que tudo era analogico. Acredito que até o relogio do hospital devia estar enferrujado.

Post grande? É vai ser ;) É meu dia...

Só tive uma festa de aniversário em toda minha vida, aos 6 anos. Com direito a balões, brigadeiro e crianças. Ficou marcada na minha memória. Como meu pai não ligava para estas futilidades e minha mãe não tinha dinheiro para bancar meus sonhos. Sonhei em vão. Depois por rebeldia desisti de festas em geral.

Um dia desejei parar nos 25 anos! Apesar que ainda me chamam de menina e não acreditam que eu tenha 27! Mas eu não tenho coragem de mentir que tenho 20. Mas acho que vou parar de fazer aniversario nos 30!...

Gosto de numeros pares, deve ser pela minha data de nascimento. 06-02. Assim como anos pares. Tenho medo de anos impares como esse que começou!...

Minha vida é de altos e baixos, inconstancias, e sonhos desfeitos. Nesses meus 27 anos já fiz muita coisa e sinto que nao fiz nada.

Não terminei uma faculdade que foi a escolha dos meus sonhos e que eu lutei tanto para entrar. As vezes me sinto uma inutil, quando penso que a vida passa diante dos meus olhos. Aprendi a nao reclamar. Tem coisas que as pessoas nao precisam saber.

Sinto-me solitaria muitas vezes. Meu ultimo aniversario foi o pior da minha vida. As vezes eu sinto raiva da vida. Eu sinto inveja. Um dia eu desejei e tentei acabar com minha propria vida.

As pessoas devem estar pensando o por que eu estou lembrando de coisas ruins nesse dia. Eu lembro por que é na tristeza que eu busco minhas forças, lembrando o que passei é que sei que meu dia de hoje é muito importante pra mim. Cada dia é muito importante para mim, é uma vitoria. Assim como todo mundo eu não sei o dia de amanha.

Eu vivo cada dia por que sei o quanto eu sou importante para muitas pessoas. Eu sinto-me amada, querida. E isso me faz lutar. E as lagrimas que caem de meus olhos hoje, não são de tristeza, são de alegria.

Tenho mais facilidade em demonstrar alegria do que tristeza. Sou chorona. Mas raramente eu choro por tristeza, aprendi que as lagrimas em momentos tristes doem muito. É melhor o resguardo. Chorar em momentos como hoje, nao doi.. desperta o carinho.

Ontem a noite, recebi uma serenata linda. Chorei tanto. De longe eu ouvi o violão, aquelas pessoas cantando "Como é grande meu amor por você", foi um presente lindo do amor de minha vida: Sir Jose Sapo.

Nesse dia eu queria fazer um agradecimento especial a duas pessoinhas lindas que me acompanham a minha luta na vida a algum tempo. E como eu sou pessima em brincar com palavras, vamos no impulso ne?!

A Sandy Izzidora Bochechas do Blog C-B: Em Direção ao Sol: Esse serzinho ai já aprontou tantas para mim. Esse blog lindo aqui, foi criação dela. Ela captou meu amor por arco-iris e transformou em sonho real. Ficou lindo. Obrigada.

Nos tivemos nossas desavenças, não totalmente por culpa nossa, mas a vida é assim, as vezes sofremos consequencia dos atos dos outros. O que dizer? Eu gosto muito dela. Gosto pela amizade sincera. Gosto por que ela muitas vezes parece madura para a idade. Gosto por que é ela que me atualiza sobre essas coisas do mundo jovem. Ahh gosto e pronto!...Obrigada pelo lindo email. Pelo trabalho que teve por fazer tudo isso aqui. Por ter coragem de me chamar de Lula Molusquenta!.. Amizade é um amor que nunca morre.

A segunda pessoinha rara que eu tenho que fazer um agradecimento especial é a Dona Dorinha Baratinha Cheirosinha, a única Barata preferida minha ;) do Blog .ROUBANDO PALAVRAS., que fez um post lindo, que eu chorei tanto. Foi tantas lembranças... se eu disser tempo bom aquele estarei mentindo né? Tempo bom é hoje! Hoje por vc ainda fazer parte da minha vida, e principalmente por não me sufocar..rsrs. E sabe se precisar de conselhos malucos sempre conte comigo. Geralmente funciona assim: Faça o que eu digo, não faça o que eu faço!..rsrs. Adoro convesar contigo! O tempo passa que eu nem vejo. Uma conversa solta, sem compromissos. E acostumei com os CR*.É uma pessoinha que a cada dia me surpreende mais. Eu sempre descubro algo novo sobre a sua pessoa. Como ela gostar de Bizarrices! Eu gosto de ti por que eu gosto e pronto!

Também gostaria de agradecer a todas as pessoas que lembraram de mim, que deixarão comentários, que já deixaram, aqueles amigos anônimos que passam por aqui, os emails e todas as manifestações de carinho que recebi.

♥Saibam que todos fizeram esse dia mais feliz para mim!♥

Como é grande meu amor por você-Roberto Carlos

Eu tenho tanto
Prá lhe falar
Mas com palavras
Não sei dizer
Como é grande
O meu amor
Por você...
E não há nada
Prá comparar
Para poder
Lhe explicar
Como é grande
O meu amor
Por você...
Nem mesmo o céu
Nem as estrelas
Nem mesmo o mar
E o infinito
Não é maior
Que o meu amor
Nem mais bonito...
Me desespero
A procurar
Alguma forma
De lhe falar
Como é grande
O meu amor
Por você...
Nunca se esqueça
Nem um segundo
Que eu tenho o amor
Maior do mundo
Como é grande
O meu amor
Por você...
Ilustração do Post
Irisz Agocs - Blog: artista blog

Ps: A Sandy Izzidora Bochechas, avisou que o template fica melhor visualizado no Explorer do que Firefox ;)

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Fim da novela!




Como todo dramalhão mexicano, um dia tem que chegar ao fim! E chegou! Minha saga pessoal com o local onde eu moro chegou ao fim. Tem pessoas que funcionam somente na base da pressão. Meu marido é o caso. Como dizem "quando as coisas estão para acontecer acontecem!".

Ontem ele saiu para trabalhar, e as 11 deu a loucura de largar tudo e sair a procura de um novo lar. Achou! Depois de rodar toda a cidade localizou o lugar perfeito: Entrada individual, pequeno e o principal - não da as caras com o dono- pois a casa dele fica na outra rua! E alem que o pessoal que mora por la trabalha a noite, então barulho durante o dia, quase impossivel.

Mudança a vista! Estou animadissima. Eu ODEIO arrumar mudança. Mas ADORO mudar de lugar. A mudança ficou para a próxima semana.

Fizemos um combinado e eu prometi cumprir. Caso o pessoal ainda sem mancol, eu ignoro!

Ontem estava tudo quieto! Ingenuidade minha que era por minha causa, era por causa da chuva que novamente desabou ontem! Hoje com o sol lindo que faz la fora, o "bailão" começou cedo! Mas como o combinado, "Não sei de nada e não vi nada".

E a noticia de nossa mudança, só sera informada semana que vem.




Nuvem Cigana - Milton Nascimento

Se você quiser eu danço com você
No pó da estrada
Pó, poeira, ventania
Se você soltar o pé na estrada
Eu danço com você o que você dançar

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Conflitos internos

A diferença do dia de ontem para o dia de hoje, é que hoje eu explodi. Ontem também.

Para completar todo aquele caos que estava em minha casa ontem. Choveu. Choveu muito. E toda vez que eu vejo chuva ainda lembro de toda aquela catastrofe. Ainda dói e ainda me preocupo. Por que?

*Por que meu marido trabalha a duas cidades daqui, se chove muito a entrada de nossa cidade alaga e não tem como ele passar.
*Por que sempre gera o caos para muitas familias necessitadas.

Começou aquela chuva no meio da tarde. Quando olho a minha sacada cheia e a agua já invadindo o quarto adentro (servicinho bem feito!). Como eles estavam construindo do lado, eles simplesmente rebocaram a minha única saida de agua! E eu ja havia avisado para os donos fazerem outro buraco, pq não tinha pra onde escoar a agua!.

O que eu fiz? Peguei um balde e um pano e sem recursos fui la tirar a agua no pano mesmo. A "vizinha- a mesma do som alto, a dona da casa"!. Ela me viu e toda sorridente: "Vai dar enchente!".

Caraca como alguem pode ficar feliz em ver a chuva desabando e com a possibilidade de uma enchente? Meu sangue ferveu, mas eu ainda consegui me controlar e ignorei esse ser.

Continuei a saga de tirar a agua empoçada com o pano. Dali uns cinco minutos vem ela novamente: "Ohhh tia Lu, da uma lincença pro Marido X ir fazer um buraco ai pra escoar a agua".

Eu que ja tinha quase terminado, estava com o sangue a ferver, disse: "Nao!".
E ela: Por que?
E eu: "Não! Voces vão ter tempo para fazer depois do dia 20!". (Dia 20 é o dia que vence o mes de aluguel, se ela entendeu, que acredito que tenha entendido, é que a gente vai sair daqui, por que ela virou as costas e saiu!).

Um dia a paciencia se esgota, foi meu caso. As 7 da manhã eles fazendo concreto embaixo de minha janela. Musica alta. Entra e sai de gente a qualquer hora do dia ou da noite (a entrada é a mesma). Barulho sempre.

E o pior de tudo.. sempre esperar. Tudo que a gente pediu para eles arrumarem, coisa que eram necessarias, primeiro eles esperam acontecer o pior, ai quando ve a gente em apuros eles querem arrumar de qualquer jeito. Foi o caso da ultima enchente, que encheu minha casa. Ficamos sem agua por duas semanas, ai ele arrumou uma caixa dágua. Foi o buraco da sacada. A gente nao mora de graça, pra sempre estar ouvindo o papinho.. "Ahh mas esqueci!". Quero ver se a gente nao pagar o aluguel em dia eles esquecem de cobrar tbm.

O pior ainda nao tinha acontecido. Ela continuou com a musica alta. Eu fechei toda a casa e fiquei quieta. Quando faltava uns 5 minutos para o Sir Sapo chegar ela desligou o som (o mundo inteiro sabe a hora dele chegar, ele sempre chega no mesmo horario!).

Eu contei a ele o que aconteceu. Ele ja anda a procurar casa faz tempo, mas esta dificil de encontrar casa sozinha e com segurança, por um preço semelhante ao que a gente paga aqui. E para minha surpresa. Sir sapo teve um chilique!.. Disse que eu sou barraqueira!

O pau quebrou. Depois de uma hora, vem o proprietario com uma marreta e pediu para que ele fizesse o buraquinho na sacada por que eu fiquei brava com ele e nao deixei ele fazer. Verdade. Mas o que me irritou mais ainda, foi Sir sapo todo sorridente pra ele. Tipo "paguei de chata"! com ate meu marido contra mim.

O pau quebrou novamente. Um casal tem que ser unido, brigaram com ele, brigaram comigo. Sempre foi assim que funcionou. Mas eu desconfio que Sir sapo não queria ter que sair daqui, e estava a me cozinhar em banho-maria.

Ele fingiu que me entendeu e eu fingi que nao vi que ele estava fingindo!.

Pela manhã, antes dele sair como sempre ele vem e me da um beijo e disse: "Ve se não fica arrumando encrenca!"...

O sangue ferveu, e o pau quebrou novamente. Chorei muito. E sou que não tenho respeito com os outros? Eu apenas disse que se ninguem me incomodar eu nao faço nada! Ele teve outro chilique! Bom levamos mais de uma hora discutindo. Afinal foi um erro de expressao dele. Ele podia sair e dizer: "Se te provocarem, tu ignora!". Ai sim era o certo.

Mas o dia está melhor, dormi melhor depois disso tudo. Estou mais calma, mais disposta.. o tempo esta quente, abafado e com jeito de chuva novamente!Ninguem fez barulho ate agora, e ninguem ouviu musica ate agora. Aqui só funciona assim.

Não adianta eu falar na educação, meu marido falar tudo na educação. Eles so tomam atitudes, quando eles veem a gente indignado e soltando fumaça pelo nariz. Ai eles querem resolver os nossos problemas. Problemas que todos poderiam ser evitados se feitos na hora em que a gente pediu, mas sempre são esquecidos!...

Uma vez uma professora de psicologia disse: "A gente só esquece daquilo que quer esquecer".

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

...

-Sem assunto.
-Sono.
-Internet lenta.
-Barulho de construção.
-Poeira.
-Música alta.
-Desanimo.
-Casa baunçada.
-Fome.
-Possibilidade de chuva.
-Fumaça.
-Gritos.
-Calor.
-Ainda terça.
-Casa bagunçada.
-Tédio.
-Poeira.
-Poeira.
-Poeira.
-Música alta.
-Música alta.
-Ira.

*Espero uma quarta melhor que a terça*