sábado, 31 de janeiro de 2009

Proibir, resolve?

Nossa como esse mês passou rápido, logo estaremos novamente em final de ano!

Entrando fevereiro, o que lembramos? Alegrias e diversão para uns e tormento para outros (meu caso!).

Carnaval!

Não falerei do lado diversão do carnaval. Estava eu aqui pensando...

E quando eu penso eu dou uma viajada em vários assuntos, a origem do post não iniciou com o tema carnaval e sim com o tema proibições!

Andei lendo por ai, posts que demostravam opiniões bem drasticas sobre determinados assuntos.

Eu penso que proibir nunca foi o caminho. E sim conscientizar. Por que proibir vc até consegue impedir alguém, mas isso não serve para impedir que outras pessoas comecem.

Vejamos:

-Proibição das drogas: Não impedem nem que os usuários usem e nem que os traficantes vendam. Que dirá impedir de novas pessoas de entrarem nessa fria.

-Agora a Lei Seca: Resolveu? Resolveu para quem já tem um mínimo de consciencia. Mas impede de novas pessoas entrarem no alcoolismo, ou impede que o alcoolatra beba e saia por ai de carro?

-Proibir o cigarro em alguns lugares: Impede que o fumante fume em determinados lugares, mas não faz com que ele deixe o vicio e muito menos impessa que vários jovens adquiram o vicio.

-Distribuição de camisinhas pelo governo:

Ai eu cheguei no tema de hoje, Carnaval. Todo o ano o governo nessa época de ano, distribui milhares de camisinhas, para prevenir o pessoal de doenças e futuras gravidez indesejadas.

Resolve?

Não. Ajuda? Ajuda, mas será correto o governo investir tanto dinheiro em uma medida provisoria? Acho que a pessoa que tem um pouco de consciencia irá fazer uso independente do governo dar ou não, quem não tem a tal consciencia, nem que a camisinha esteja na mão, não fará uso dela.

Sei que todas essas medidas, ajudam, mas não resolvem o problema. Por que todos os anos, são milhares de jovens morrendo no transito, outros tantos com overdose e outros tantos ainda se viciando em cigarro e alcool.

►Ministério da Saúde vai realizar a maior distribuição de camisinhas do mundo em 2009 (AQUI)

Como diz a Vivi, do Blog In FocO. Pense...

*Bom final de semana a todos*

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

*Playlist Ajuda*

Como é do conhecimento de todos frequentadores do Blog Inspire me, sabem que um dia desses o meu computador foi atacado por duendes verdinhos e bagunceiros que sumiram com as minhas músicas. E eu ando na ardua tarefa de refazer a minha pasta!..(espero não deleta-la acidentalmente outra vez!) quer dizer! Os duendes verdinhos não sumam com ela novamente!

Peço a colaboração de todos os visitantes a me ajudarem nessa tarefa.

Indiquem-me duas músicas: Uma nacional e outra internacional.

Não se preocupem com o meu gosto musical, afinal eu sou indefinida, gosto de tudo e posso não gostar de nada! Quero criar uma playlist com as músicas indicadas por todos!

*Os duendes verdinhos e eu agradecemos!*

♥ CARICATURA IZZIE ♥

Para ajudar a pessoinha rara da Izzie, abro uma exceção. A pedido publico o selo "Olha que blog maneiro" para que ela ganhe a tão sonhada caricatura. Deixo claro que não é do meu interesse ganhar a caricatura, apenas estou ajudando a uma amiga, pois eu acho que já sou uma caricatura ambulante. Então vamos lá.


"Selo Olha que blog Maneiro!"


1- Exiba a imagem do selo “Olha Que Blog Maneiro”. Ok!
2- Poste o link do blog que te indicou C-B:Em Direção ao Sol. Ok!
3- Indique 10 blogs de sua preferência Ok! Ufaa! Deu trabalho!
4- Avise seus indicados. (vou avisar ainda!)
5- Publique as regras. Ok!
6- Confira se os blogs indicados repassaram o selo e as regras. Ai é demais!
7- Envie sua foto ou de um(a) amigo(a) para olhaquemaneiro@gmail.com juntamente com os 10 links dos blogs indicados para verificação. Caso os blogs tenham repassado o selo e as regras corretamente, dentro de alguns dias você receberá 1 caricatura em P&B. (Eu não quero a caricatura quem quer é a Izzie!)
8- Só vale se todas as regras acima forem seguidas. Ok!

E o selo vai para: (quem quiser a caricatura tem que seguir as regras!)

1- Fênix -Resoluções para uma nova vida!
2-Déia Arakaki - Blue Butterfly
3-Nina - Miss.Understanding
4- Uma aprendiz -EVITE RUGAS
5-Diogo Caceres -Tocando em Frente
6-Nanda Assis - Luz dos Olhos
7-Fabi - Quase Trinta
8- Cadinho Roco - Meu Nosso Blog
9- FRAN... "O Samurai" - Lado Pensante
10- Tata - LA Petite Poupée


*Recapitulando: Eu NAO quero a caricatura, portanto sintam-se a vontade em não repassar o selo, mas se algum dos listados tiver interesse na caricatura terá que seguir as regras!*

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Mais de mim

Regras: Responder ao meme
Postar a URL e o nome da pessoa do blog que te indicou.
Indicar mais 7 pessoas
Passar no blog delas dizendo que você as indicou.

Quem me indicou foi: Ana Lu do Blog Minha vida como ela é.

1-Melhores amigos(as) reais - (Em ordem alfabética):
Luanda e Mi.

2-Melhores amigas(os) virtuais:
Dona Dorinha Baratinha Cheirosinha e Sandy Izzidora Bochechas

3-Melhores inimigos(as):
E existe melhor inimigo? Até eu escrever isso eu acredito não ter inimigos, se alguém souber de algum fale agora ou cale-se para sempre!

4-Maior tédio:
Tv no final de semana!

5-Barulho legal:
Pra mim todo barulho não é legal, o barulho legal é aquele que passa despercebido pelos meus ouvidos!

6-Barulho irritante:
Música alta, conversa alta, motos com o escapamento adulterado.

7-Cor desprezível:
Eu gosto de todas as cores, porém tem umas que eu gosto menos, nenhuma que seja desprezível.
8-Cores preferidas:
Hum. Todas! Depende do dia e da hora.

9-Maior medo:
Sofrer pra morrer.

10- Maior alegria:
Estar em paz, sem preocupações.

11-Maior tristeza:
A falta de respeito e de responsabilidade que o ser humano ainda tem com os animais.

12-Maior mico que já pagou:
Foram tantos. O mais recente foi ligar para um número errado e falar com a pessoa normalmente insistindo em marcar uma consulta, depois de alguns minutos a moça super educada disse que eu havia me enganado.

13-Pior defeito de um homem:
Falta de respeito. Por que o homem que não respeita a sua mulher não a ama.

14-Pior defeito de uma amiga:
Querer competir contigo.

15-Música mais dançante:
I love the nightlife - Alicia Bridges

16-Música enjoada:
Desenho de Deus-Armandinho

17-Música para ouvir quando está alegre
Natasha- Capital Inicial
Robin Hood da Paixão-Hugo Pena & Gabriel

18-Música para ouvir quando está triste, que anime:
Pais e Filhos - Legião Urbana

19-Melhor passeio:
Boa companhia, que não fale demais e nem de menos e onde não tiver pessoas demais!

20-Pior passeio:
Muvuca, música alta!

21-Curiosidades sobre vc:
Sou péssima em falar da minha pessoa, deixo aberto a perguntas.

*Como eu postei um pouco mais tarde o meme, percebi que a maioria das pessoas que eu indicaria já o receberam, por isso não passarei adiante, então se alguém sentir vontade em fazer, sinta-se livre!*

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Música Infantil

Meu lado infantil ainda é gritante em mim!

Não por atitudes, mas sim pelos meus gostos. Ainda sou uma menina por dentro. Bom, sou das antigas e no meu tempo música era sinônimo de Balão Mágico e mais tarde Xuxa.


As crianças de hoje infelizmente escutam o que os pais escutam, quando elas tem pais com bom senso ainda vai, mas a gente não precisa ir muito longe para ouvir: "creuu creuuu/ quem vai querer a minha piriquita../ e ainda mais antiga.: vai descendo na boquinha da garrafa".


Já tinha visto pela televisão a Ivete Sangalo e o Saulo (vocalista Banda Eva), eles fizeram um CD infantil em parceria, viraram Veveta e Saulinho "Casa Amarela". Ótimo!


Fazia tempo que não ouvia música de criança! Sem apelação!


Vale a pena, quem tem criança e quem não tem como eu, curta e volte a ser uma!

~♥~

*Amigo Bicho-Veveta e Saulinho*


Queria ser leão, pra ter aquela juba

Queria ser baleia, daquelas barrigudas

Queria ser formiga, minhoca, besouro

Quem sabe uma lagartixa

Queria ser um urso, dormir o dia inteiro

Queria ser macaco, pulando bem ligeiro

Queria ser golfinho, bichinho, cavalo marinho

Quem sabe um tubarão, nadar lá no fundão

Só pra ser mais leve, pensei num passarinho

Só pra ser mais leve, pensando bem cágado

Anda de vagarinho

Imagino a borboleta de asinhas coloridas

Pensei em ser cachorro de orelhas bem cumpridas

Queria ser uma gata, um sapo, um rato

Quem sabe um dragão

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Passado

Todas as pessoas bem informadas ou não estão por dentro do caso da modelo Mariana Bridi da Costa, que veio a falecer na madrugada desse sábado, vítima de uma infecção generalizada.


Até então eu estava acompanhando o caso pela mídia normalmente sem trazer a tona coisas do passado, mas só foi saber do falecimento dela, que veio a toda lembranças e mais lembranças, já que para ela tudo começou segundo os médicos com uma infecção nos rins.


Boa parte da minha infância eu tive problemas de infecções nos rins e bexiga.

Foram muitos tratamentos e exames (os quais eu não gosto nem de lembrar! Afinal na maioria deles consisitia em tomar água ate encher minha bexiga, caso eu não conseguisse no modo normal, eles -os enfermeiros- faziam o serviço atraves de seringas pelo canal da minha bexiga!) Não doia, mas eu tinha muito medo!)


Assim como eu tinha pânico de fazer exames de sangue! Que eu tinha que fazer com regularidade para acompanhar a infecção! Por várias vezes eu sai porta a fora dos laboratórios (foi trocado várias vezes!) eu saia correndo e ia até ao serviço do meu pai, por que sabia que ele não deixaria eu fazer o exame, ficava com raiva de minha mãe. Ela fazia papel de má, mas era necessario tudo aquilo, ela precisava ser forte, mesmo estando com o coração despedaçado por me ver sofrer tanto.


Com meus 7 anos, o médico comunicou que mais nada podia fazer por mim, por que os antibióticos não faziam mais efeito e não existiam outros que podessem me ajudar. Foi uma época dificil, minha mãe perdeu a paciencia total comigo!


No inverno, foi terrivel. Por que eu fazia xixi na cama e mesmo com todo o controle (a partir das 18 horas eu não podia mais tomar líquido algum e minha mae me acordava, 3 a 4 vezes por noite para eu ir ao banheiro -talvez a origem de meu sono leve-). Quando ela perdeu a paciencia, mesmo com todos esses cuidados, toda noite o xixi na cama, por mais que no dia seguinte colocasse colchão no sol, não secava! Minha mãe desistiu! E eu passava muito frio, por que era colchão molhado, lençol úmido e ela não colocava mais cobertores (por que ela não queria que todos ficassem fedendo!). Por muitas noites eu dormi chorando de frio, achando que minha mãe não gostava de mim!.


Até que minha doce vó, brigou muito com ela, dizendo que isso não ajudava e ainda piorava mais a minha infecção. Ela mudou a atitude dela. Mas eu ainda era um fardo. Meus pais não podiam viajar pra lugar algum, por que toda familia sabia desse meu problema, eu não podia dormir na casa de ninguém. E fora que eu morria de vergonha disso! E minha mãe fazia questão de contar pra todo mundo, e eu ficava ainda mais com vergonha.


Depois de 3 anos. O médico avisou, que havia surgido novos antibióticos e que poderiamos recomeçar o tratamento. Foram testados, dois e foi como "farinha no meu organismo" como ele dizia! Na última tentativa, em 1 ano de tratamento eu estava curada de minha infecção!


Porém, os xixis continuavam. E o médio disse que o meu problema agora era psicologico! La vai eu para a psicologa, alem de "mijona" agora eu era tachada pela familia de "louca".


Não sei o que me curou! Quando eu tinha 11 anos, fui passar minhas ferias com minha vó, nas primeiras noites foi como sempre, passei a tomar um chazinho que ela fazia, frequentar centro espirita e psicologa tudo junto! E tudo parou!.


Hoje não tenho mais esse problema, e é incrivel, eu nao consigo dormir se eu estiver com minha bexiga cheia!..


Ao menos essa história de minha vida teve um final feliz!

sábado, 24 de janeiro de 2009

*Desafio*

Recebi o "Desafio Literário" da Juliana do Blog Essa História vai dar pano pra manga!

As regras:

1 – Agarrar o livro mais próximo;
2 – Abrir na página 161;
3 – Procurar a quinta frase completa;
4 – Colocar a frase no blog;
5 – Repassar para cinco pessoas;

O livro que terminei ontem de ler é: Marley & Eu - John Grogan

Como eu fiz o download do livro, eu não sei se corresponde a página ao livro. Mas pelo que tenho aqui a "5ª frase completa da página 161" é:

*Porém, o problema não se resolvera totalmente. Ele pode ter sido curado de pular em cima de mim, mas não parara de pular em cima dos outros.*


Passou um pouquinho de uma frase, mas assim ficava mais "entendivel".

Repasso para:

Vivian - In FocO
Viviane Moraes - #Vivislokitah
Cris - ... vou nessa
Elias - Elias

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Certa sim!

O que dizer no dia de hoje? Uma sexta-feira, que já não começou nada bem. Minha atitude de ontem nada adiantou.

Por que?

A dose de hoje foi ainda pior! No mesmo bat horário, a mesma bat música, o mesmo bat volume!

Educação? Acho que ela desconhece essa palavra.

Conversando com o Sir Sapo (marido) contando o que eu fiz ontem, ele me deu razão, mas disse que isso nada resolveria, por que ela encararia isso como um desafio. Até duvidei dele ontem, porem ele sim estava certo.

Ela encarou como um desafio, ela deve achar que eu não gosto é do tipo de música que ela escuta (evangelica). E por várias vezes eu disse a ela mesmo que não tenho nada contra, que eu mesma escuto algumas (o que pra ela é uma ofensa, por que quem não frequenta a religião dela, não é de Deus, segundo ela mesma diz).

Já havia também dado umas indiretas que nós aqui não gostavamos de música alta, de barulho. Acho que nem precisava a gente ficar falando nada, afinal é só observar nossa vida e ela chegaria essa conclusão por si só. Afinal ela mesmo cansou de comentar que nem parece que mora gente aqui, até os outros vizinhos nem veem a gente! Tv e som sempre baixo e nossas conversas tbm!

Eu que não vou ficar ouvindo música alta por muito tempo, agora Sir Sapo, terá mais tempo para procurar outro lugar de valor equivalente a esse. O aluguel vai ter que ser pago esse mês.

Não irei entrar nessa disputa de quem tem o som mais potente. Não faz o meu genero! E quem sofre sou eu e meu gato que também não gosta de volume alto, afinal o bichano tem ouvido mais sensivel do que o meu!

Mas ela devia ter mais educação e dar mais valor a nós, que pagamos em dia. Afinal não sou eu que tenho um marido que não é chegado no trabalho e que vive da renda de aluguel.

Calei-me. Ontem estava indignada e revoltada. Hoje eu estou triste por ver tanta ignorância em um lugar só!

*Bom final de semana a todos*

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Certa ou errada?

Não sei se estou certa ou errada. Só sei que eu fiz e já não me arrependo.

Local: Minha casa. Moro de aluguel e o proprietário mora praticamente ao lado, a varanda deles, faz divisa com minha cozinha e simplesmente TUDO o que se fala ou o que se faz da para ouvir aqui de dentro! Detalhe eles não falam, eles gritam. Eles não conversam, eles gritam.

Acordei com a "conversa" deles. Até ai tudo bem. Estou acostumada com isso. Dali uns minutos a "vizinha" vai la e me "arregassa" o som! Eles somente ouvem música evangelica. Nada contra, porém é o volume!.

O que eu fiz?

Peguei meu som, que é de pequeno porte, coloquei na tomada mais próxima da varanda deles e levantei o volume ao máximo. Coloquei em uma rádio, que de tempos em tempos dá a hora, vim para o quarto e fechei a porta! E o rádio esta la falando sozinho. Ela abaixou o dela, com certeza se tocou! Mas vou deixa-lo la por mais um tempo, assim ela ve como é ruim ouvir radio dos outros por tabela.

Eu simplesmente DETESTO música alta, barulho, bagunça. Acho que música, se quer ouvir, ouve em um volume suficiente para VOCE ouvir, a rua nao precisa ouvir contigo.

Não acho correto o que eu fiz. Só que eu cansei de ser educada, de não reclamar, de respeitar, com quem não tem o minimo respeito comigo e com os outros!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Sumiu tudo!

Eu não entendo muita coisa e a principal: Minhas coisas tem vida própria!

Eu não posso dizer que sou uma pessoa desorganizada. Sou chatinha e gosto tudo bem organizado. Mesmo assim as coisas somem. Se duendes existissem (quem sabe existem?estou a pensar seriamente nisso!).. Minhas coisas tem por hábito sumirem dos lugares que eram pra estar.

Ontem a tarde, toda animadinha "vou ouvir música".. e para minha triste surpresa elas SUMIRAM!

Virei meu computador de "perna pro ar" e NADA! TODAS tomaram chá de sumiço!..

Ai vai eu voltar em um ponto de restauração!..

Consegui voltar, e achei o erro eu deletei a pasta em que elas estavam, mas como já limpei a lixeira já eras. Mas como eu deletei??

Será falta de atenção ou é culpa dos duendes verdinhos que habitam minha casa?

*Selos*

Como eu sou uma menina irresponsável e mau educada, eu deixo acumular os selos para colocar em uma postagem só. Fico muito agradecida por sempre ser lembrada por todos, e caso eu esqueci de algum selo que ganhei é culpa da minha "tentativa em se organizar"! Obrigada a todos..

* Selos recebidos pela amiga Ana do Blog Pelos Caminhos da Vida


* Selo "Prêmio de Qualidade"

Diogo Caceres

Blog Tocando em Frente







*Selo "O que vale são as boa intenssãos"

Blog Jardim de Urtigas






* Selo "É um blog muito bom"

Juliana
Blog Essa História vai dar pano pra manga!






* Selos recebidos pela Izzie do Blog C-B:Em Direção ao Sol





*Selo "Adoro o seu Blog"

Sammyra Santana
Blog Borboleteando





*Selo "Amuuh seu Blog"

Déia Arakaki
Blog Blue Butterfly







* Selo "Your Blog is Fabulous"

Nanda Assis
Luz dos Olhos




* Selo recebido pela Luciana do Querendo saber...




* Selo "Blog de Ouro"

Ana Lu





* Selos recebidos pela Ana Lu do Blog MVCEE






*Selo "Beautiful Blogger"
Luciana








*Selo "Blog Original"









O selo foi confeccionado pela blogueira dona do "Regganata's Weblog"e seu objetivo é propor uma confraternização entre os blogueiros de plantão, reconhecendo o esforço que muitos (se não todos) empenham para mantê-los atualizados e com textos de qualidade, que possam ajudar a alguém de alguma forma, ou seja, amor entre as pessoas e pelo que fazem.

E como todo selo, existem as regrinhas:

1- O selo deverá ser publicado no blog, dizendo de quem foi recebido, publicando o link do mesmo.
2 - Publicar a história e o motivo do selo.
3- Repassar o prêmio selo a três blogs, sendo que o selo não pode ser enviado ao mesmo blog por mais de uma vez (assim mais blogs poderão ser homenageados).
4- Publicar no blog o endereço dos homenageados e avisá-los que receberam o selo.

Repasso para:
*Ana - Pelos Caminhos da Vida

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Doida

Alguém aí conhece uma mulher que é apaixonada pelo Zezé di Camargo?
Pois é, eu conheci.
Vendo ele domingo na TV e as loucuras que as fãs fazem por ele, lembrei de Lorena.

Lorena era casada com meu primo. Tinham 3 filhos. E simplesmente aquela mulher era completamente doida pelo Zezé.

Ela dizia na frente do próprio marido: "Eu faria qualquer coisa só para ter o Zezé por uma noite para mim". Resumindo a história, o fato dele ser cantor era detalhe, ela queria mesmo era o homem! Isso era piada entre a nossa família.

Até que um dia ela fugiu para ver um show deles na capital, e o marido não suportou a pressão da família (as piadas!). Eles se divorciaram. Ela foi embora, deixou ele com os filhos e até hoje se vocês virem Zezé e uma doida atras dele, pode olhar direito com certeza não é a Zilu, é a Lorena que ainda deve sonhar em ter ele por uma noite!

~♥~


*Em relação ao post anterior, queria agradecer o carinho e atenção de todos. A minha intenção jamais foi se calar por alguém que eu não convidei ler o que eu publico. Apenas queria avisa-los que eu sei que eles leem, então se faz desnecessario o uso de piadinhas e indiretas.

*Resposta ao anônimo: Querido anônimo, obrigada por me chamar de " bostinha de galinha", o "no bom sentido" ajudou bastante. Só te perdoo, pq vc é uma titica azeda que eu sei ;) Eu lembrei de minha mãe brigando comigo "Tu tem titica de galinha na cabeça menina!"

*Obrigada pelos memes e selos, um dia eu publico todos!

Edição: O amigo anonimo é um amigo, atrevido mas é amigo, por isso tem a liberdade de dizer que eu sou uma "titica de galinha no bom sentido!"..rsrs

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Desabafo

Eu não sei por que a vida dos outros interessa tanto o ser humano. Principalmente quando este não é convidado a ter intimidade na sua vida.

A muito tempo eu tinha outro blog, o "Sonhando Acordada", tentei mante-lo a todo custo, fiquei uns tempos sem postar por motivos que prefiro não comentar, e quando pude voltar a minha velha rotina eu fiquei por tempos tentando postar nele sem sucesso, somente por que eu não conseguia, eu apenas não sabia que o weblogger seria extinto. Perdi tudo, todos meus textos. Fazer o que? Chorar, reclamar? Até fiz isso.

Optei por reiniciar outro blog, timidamente, descrente. A vontade de escrever voltou. Novos e velhos amigos. E a curiosidade sobre mim também. Quem sou eu? Isso importa realmente?

Sou a moça sem passado, que é um presente constante e de um futuro tão incerto como todos.

O que me intriga, irrita na verdade. É saber que eu tenho "amigos reais" que sentem essa vontade de invadir minha vida as escondidas. Eu sei quem entra e sai do meu blog, eu tenho controle. Assuntos que escrevo aqui, são intimos. Não é um diário. É apenas assuntos aleatorios sobre o que eu penso ou sobre minha vida!..

Mas eu sei que tem pessoas que eu gostaria que elas não lessem, mas elas acharam meu blog. E eu me perdi. Está dificil de me encontrar novamente. Eu penso o seguinte, ENTRE se for convidado ou também tenha um blog!

Com certeza essas pessoas sabem mais de minha vida do que todos que leem esse blog, e por que ainda querem saber mais, roubar meu único canto de privacidade. Onde eu sou uma anonima, com um nome pequeno mas marcado por acento inexistente nas regras de acentuação, Lucí.

E por que esse interesse? Vocês (pessoas não convidadas)!. Eu sei o que "vocês" procuram. Procuram minhas dores? Procuram minhas tristezas? Minhas fraquezas?

Apenas respeitem a minha opção de não querer mais compartilhar os meus problemas de saúde com todos. Não quero conquistar fãs, cheios de pena que a cada sumiço meu entravam em desespero achando que eu "tinha partido".

Não aqui vocês não vão encontrar nada que os façam felizes. Eu não tenho a fórmula do amor, eu não sei o segredo da felicidade, e não tenho a chave do paraiso.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Civilizado


Confesso que a minha opinião sobre o meu próprio gato nunca foi das melhores.

Eu como sua dona, sei que ele não é dos mais simpáticos bichanos e tão pouco sociavel.

Como bicho é bicho, ele me surpreendeu essa semana.

A vizinha da frente, está hospedando temporariamente em sua casa uma cadela, que deu a luz a 5 "pequenos filhotes", que com menos de dois meses já são maiores que meu gato, que não é tão pequeno assim.

Uma manhã dessa semana, Cascão como sempre dando seus bordejos matinais, eu acordo com barulhos típicos de filhotes brincando, eu que não perco uma oportunidade dessas, corri para a janela para ver. E para a minha doce surpresa, quem estava no pátio do vizinho?

Cascão.

Meus olhos fixaram bem a situação, por que é bem a cara dele querer mandar na casa dos outros, observei para ver se ele não estava a brigar com os cachorrinhos. Estava não. Eles estavam brincando.

Quem disse que cães e gatos não podem ser amigos? Meu gato é civilizado! (além de preguiçoso, comilão e antipatico)..

Foto: Google Images

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

A vida é um doce

Algodão doce...

Estava eu no computador ontem, no final da tarde, quando eu escuto um apito singular. Quem é? O velhinho que vende algodão doce.

Marido corre porta a fora e me traz um. Nossa! Um momento único, que eu precisava. Só de olhar para aquele monte fofo cor de rosa, já me despertou tanta coisa boa, tantas lembranças. Olhinhos brilharam. E como toda criança me melequei, lambuzei toda com um enorme algodão doce.

Quando criança eu acreditava que o algodão doce era feito com as nuvens do céu, coisa que meu pai colocou na minha cabeça, mas minha mente CDF, já questionava o por que no céu não tinha nuvens rosas. Eis o que meu pai dizia:

"É por que quando elas descem de lá elas mudam de cor".
~♥~


Doce Mel - XUXA
Bom estar com você
Brincar com você
Deixar correr solto
O que a gente quiser
Em qualquer faz-de-conta
A gente apronta
É bom ser moleque
Enquanto puder
Ser super humano
Boneco de pano
Menino ou menina
Que sabe o que quer
Se tudo o que é livre
É super incrível
Tem cheiro de bala, capim e chulé
Doce, doce, doce
A vida é um doce
Vida é mel
Que escorre da boca feito um doce
Pedaço do céu

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Isolamento

Eu passo por momentos assim em minha vida! Eu não sei por que eu tenho essas vontades loucas de ficar no vazio. Não ouvir. Não ver. Não falar.Não sentir.

Não é tpm. São fases. Eu não sei o que ativa essa vontade de não fazer nada. O que engatilha toda essa fraqueza. Longe de ser uma tristeza ou infelicidade. É apenas uma vontade de buscar a mim mesma.

Parece que as vezes eu me perco e só consigo me achar quando fico isolada de tudo. O grande problema está ai.

Mesmo isolada eu continuo com essa inquietação interna. Hoje de manhã cedo, apos refletir muito sobre o assunto, eu descobri o por que mesmo sozinha eu fico inquieta.

Simples.

Eu não posso fugir de mim mesma!

sábado, 10 de janeiro de 2009

Várias coisas

Recebi esse Meme *6 coisas* de duas amigas: Ana Lu - MVCEE e da Cris - ... vou nessa.

Regras:
1-colocar o link de quem te indicou pro meme
2-Escrever estas 5 regras antes do seu meme pra deixar a brincadeira mais clara
3-Contar os 6 fatos aleatórios sobre você
4-Indicar 6 blogueiros pra continuar o meme
5-Avisar para esses blogueiros que eles foram indicados

Meme 6 coisas sobre mim:

1- Já vi um eclipse solar, eu tinha 12 anos, estava na 6ª série. Naquela manhã as professoras nos liberaram para irmos para casa pela ampla divulgação do eclipse, pois dizia-se ser perigoso cegar se olhado diretamente para o sol. Minhas amigas e eu seguimos para casa e no caminho decidimos esperar pelo Eclipse na pracinha, la sentamos e esperamos. Quando o dia começou a ficar noite, perto dali tinha uma oficina mecânica e pedimos aos mecânicos que deixassem nos vermos um pouco o eclipse com aquelas mascaras de soldador.. Foi um dia especial, rápido, foi o dia que O DIA virou NOITE, nem que seja por uns minutos. E eu vi!

2- Fiz a troca de minha dentição toda em casa. Com métodos altamente tecnológicos, como: Morder uma maçã, amarrar um barbante no dente e outro em uma porta e esperar que alguém abra e se tiver um pouco mais de paciência ficar amolando até que ele caia. Depois com o dente em posse, colocar o dente atrás da porta principal da casa e esperar a Fada dos dentes pega-lo e deixar alguma moedinha que você irá gastar com doces. Até que um dia a Fada deixa um tomate por que ela não tinha moedas. Nunca tive e não tenho caries :D

3- Meu pai separou-se de minha mãe depois de 30 anos de casados, foi morar com a sua primeira namorada, e quando morreu deixou a ela um seguro de vida de 80 mil reais. Isso que é amor.

4- Não sei andar de salto, e muito menos me maquiar. Sou feminina e vaidosa, mas não nasci com essas habilidades extras.

5- Fiz xixi na cama até os 11 anos e devido a esse motivo, tive que frequentar uma psicologa atá aos 14. Fui tachada de louca pela maioria das pessoas de minha famíla. Afinal para eles, psicologa era medico de loucos. Não faço mais xixi na cama, e o diagnostico era que eu reprimia minhas emoções e as liberava a noite em forma de xixi, no primeiro ano de terapia eu já estava "curada".

6- Ainda como bolacha Maria vendo desenho animado. Entre tantas variedades de bolachas e salgados no mercado de alimentos, ainda tenho predileção pelas tais bolachas Maria, gosto também daquele salgado Plic Plac, mas não o encontro mais. E só como bolacha Maria vendo desenho, devo pensar que ainda sou criança!

Obrigada meninas que me indicaram ao Meme, diverti-me tanto fazendo, foram tantas lembranças! Adorei. Já ia esquecendo de fazer as indicações: Dona Dora Baratinha Sumidinha, Dona Izzie Izzidora, Stars Angel, Nanda Assis, e a quem mais possa interessar e fiquem a vontade em recusar. Beijos.

*Bom final de semana a todos*

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

7 pecados

Como ninguém lembrou da minha pessoa e eu sou metida, passei pelo Blog da Déia Arakaki o Blue Butterfly, e como eu sou metida e gostei, vamos lá:

Os 7 Pecados Capitais e suas definições:

1-Gula: consiste em comer além do necessário e a toda hora
2- Avareza: é a cobiça de bens materiais e dinheiro
3- Inveja: desejar atributos, status, posse e habilidades de outra pessoa
4- Ira: é a junção dos sentimentos de raiva, ódio, rancor que às vezes é incontrolável
5- Soberba: é caracterizado pela falta de humildade de uma pessoa, alguém que se acha auto-suficiente
6- Luxúria: apego aos prazeres carnais
7- Preguiça: aversão a qualquer tipo de trabalho ou esforço físico.

EU e os 7 pecados:

1- Gula: Humm, não sou tão gulosa, como até a barriga dizer DEU, porém tem um detalhe, o sorvete, parece que esse DEU nunca chega!

2-Avareza: Sou economica, avarenta não. Não gosto de passar apertos, então eu procuro economizar, não se sabe o dia de amanhã. Longe de mim ser avarenta.

3-Inveja: Não invejo nada e nem ninguém. Mas sinto admiração por quem sabe escrever bem e desenha bem e outras artes, gostaria de ter dons sobressalentes, não os tenho. Mas jamais prejudicaria alguém por querer isso pra mim, só por que eu não tenho.

4-Ira: Esse é predominante em mim. Tento me controlar, mas eu sou uma "explosão de sentimentos". Não consigo me controlar.

5-Soberba: Eu não me acho assim. Mas muitas pessoas já comentaram que ao me conhecer eu passo essa imagem que se desfaz com o tempo.

6- Luxuria: Quem tem de uma risadinha!..rsrs

7-Preguiça: Eu não sou tão preguiçosa, eu gosto de dormir bem isso eu assumo, mas se eu tiver o que fazer dormir fica como segunda opção.

*Bom final de semana a todos sintam-se a vontade em fazer o meme*

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Revolta - Doações para SC -

Estou tão revoltada! Já conto o por que e tenho certeza que muitos irão concordar.

Dia: Ontem.

Fato: Estava eu camuflada em minha fiel residência as 7 da madrugada, quando escuto o "estouro de uma boiada" saindo de casa! Escuto um dos bois falar "É melhor irmos de carro, por que pode pegar mal!" (entendam que essa frase será bem significativa para a história).

No final da tarde. A "boiada" volta. Ouço uma batidinha na minha porta, uns risinhos. Quem era? "A vizinha".

O que ela queria? Queria mostrar -me sacos de roupas (grandes, enormes, cheios, mais de 5 já que não deu pra contar).

Uma INTERROGAÇÃO enorme surgiu na minha cabeça. De onde viriam todas aquelas roupas. Não precisei pensar muito, pois ela me adiantou.

"Eles estava dando, por que eles não estão conseguindo distribuir a roupa que mandaram pro pessoal da enchente!".

A cólera subiu no meu rosto. Não consegui disfarçar meu nojo (não pelas roupas!). Caraca! E eles são necessitados, vitimas da enchente?

Resumindo, eu ouvi na rádio que eles estavam doando pra quem precisa e pudesse ir buscar para ajudar na distribuição dessas roupas, por que eles não tinham como fazer isso.

Ai um povo, que não precisa vai lá, pega sacos de roupas, o que eles vão fazer? Abrir um brechó. Foi o que me disseram, além de vender para os parentes do interior (pobres almas inocentes!).

E minha revolta maior ainda tem haver com a frase que eu ouvi pela manhã "vamos de carro, por que pode pegar mal" Sabem por que? Eles tem uma mega caminhonete, que podiam muito bem ajudar na distribuição da roupa. Mas eles preferiram esconder a caminhonete, ir enchendo o carro.

O que ainda me revolta mais, é uma pessoa ter coragem de contar isso para os outros, como se achasse que está contando vantagem.

E não queria entrar em outro detalhe.. por que sei que muitas pessoas podem se ofender, mas não quero generalizar. O quesito religião. Esse povo que fez isso, vai pelo menos 3 vezes no culto por semana, as mulheres da casa, só podem usar saia, não podem cortar o cabelo, nem usar joias e nem pintar as unhas (pq mulher que faz isso é perdida, como cansei de ouvir por aqui!) e sempre andam com a biblia em baixo do braço e dizendo "A paz do senhor irmão".

Onde está a bondade no coração desse povo? Para amenizar a vizinha disse, "é.. se a gente não pegasse eles iam queimar tudo!".

Pois bem, deixe que queimem, eles precisavam de gente pra distribuir, não pra se aproveitar! Se bem que acho que eles não pensam muito. Fiz caras e bocas pra ela que demostravam minha revolta e meu desprezo por essa atitude.

Mas o mundo ainda tem salvação. No trabalho do meu marido, eles passaram distribuindo caixas de produtos de limpeza, de leite. Ele não aceitou, mas tem uns malandros que aceitaram e depois chegaram pra ele querendo vender! O que meu marido disse: "quando eu precisar eu vou no mercado e compro". Senti orgulho dele, ao menos na minha casa a "consciencia" impera!

Fico triste por que sei que o Brasil todo sensibilizou-se com a nossa situação. O pior de tudo, é quem que mais precisava na sua maioria não foi ajudado e tudo aquilo que foi dado de coração sem olhar a quem e sem maldade, no momento é fruto da ambição de muitos.

O importante é não se deixar contaminar.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Música x Nome

Ontem vendo TV (como sempre minhas filosofias vem da TV..rsrs!) e pensei por que meu nome não tinha nenhuma música com ele por que "LUCIMARA que não rima com NADA".

Resolvi fazer uma lista com os NOMES que foram agraciados com músicas (algumas lindas e outras nem tanto!). Coloquei o que eu lembrei:

Natasha - Capital Inicial
"Cabelo verde, tatuagem no pescoço
Um rosto novo, um corpo feito pro pecado"

Camila - Nenhum de Nós
"Às vezes peço a ele
Que vá embora"

Dora - Dorival Caymmi
"Rainha do frevo e do maracatu
Ninguém requebra, nem dança, melhor que tu!"


Ana Júlia - Los Hermanos
"Ter que ver você assim, sempre tão linda
contemplar o sol do teu olhar"

Dani - Biquine Cavadão
"Só penso nela,
Quem é ela,
O nome dela é Daniela"


Refrão de Bolero - Engenheiros do Hawaii (ANA)
"Ana... Teus lábios são labirintos
Que atraem os meus instintos mais sacanas
O teu olhar sempre distante sempre me engana"

Melissa - Bidê ou Balde
"E é sobre teu umbigo furado,teus olhinhos puxados.
É sobre a tua pele branquinha"


Mariane - Bruno e Marrone
"Com você meu mundo é mais feliz.
Bate forte o coração.
Volta e vem amor, me ame"

Iolanda - Chico Buarque
"Esta canção nao é mais que mais uma canção
Quem dera fosse uma declaração de amor"


Maria - Milton Nascimento
"Uma mulher que merece
Viver e amar
Como outra qualquer"

Gabriela - Tom Jobim
"Meu cheiro é de cravo
Minha cor de canela"


Carolina - Seu Jorge
"Andar bonito e um brilho no olhar
Tem um jeito adolescente que me faz enlouquecer"

Silvia - Camisa de Vênus
"Você me diz que não tá mais saindo
Mas eu desconfio que cê tá me traindo"


Renata - Latino
"Num golpe de olhar
Ganhou meu coração"

Carla - Ls Jack
"Eu te amei como jamais o outro alguém vai te amar
antes que o sol pudesse acordar eu te amei."


Eva - Banda EVA
"Meu amor, olha só hoje o sol não apareceu
É o fim da aventura humana na Terra"

Clarisse - Legião Urbana
"Viver em dor, o que ninguém entende
Tentar ser forte a todo e cada amanhecer"


Janaina - Biquine Cavadão
"Janaina é passageira, passa as horas do seu dia
em trens lotados, Filas de supermercados"
~♥~

Eis que ao terminar essa lista, resolvi dar uma busca no Google por "letras de músicas Lucimara". Vejam com os seus próprios olhos o que eu encontro:

~♥~


Sobrenomes - O Teatro Mágico

Odilene Ogerisa Oracina
Odalina é linda e amarga
Margarida Atilene Avenida alameda
Mariluce Lucimara Jucicleide madrugada
Ozonires Ivonete Isolina
Josilene Juracina Juraciara
Juro por deus teu nome é lindo pra mim
Ana Neri Ana Nora Inamara
Doriana Dora dura
DelmaDelmina deu mel na boca
Sacha Ursola Brunela Bruma Branca Aparecida
Diva dona dos milagres
Lumiara minha mira
Florinda, Clara e Bela
Clara estrela nova sobre nos, sobrenome amor
Etelvina Francileide Fatimália
Dirce disse adeus a Dalva Dijamira
Edileuza é tão Felícia
Augusta de Bela vista reza Santa Efigênia
Esperança sempre atrasa pra chegar na minha festa
Dona Amália Emília Mola Lua Cheia,
míngua sobre nós, sobrenome amor
Etelvina, Melanina, Francileide,Jocicleide, Juvenalia, Fatimalia,Amenoalia, Melanina, Fluoxetina, Drenalina

Juro por deus teu nome é lindo pra mim
Juro por deus teu nome é rima pra mim
~♥~
Como eu me sinto?
Continuo na mesma.

sábado, 3 de janeiro de 2009

5 em 5

"Sou teu ego, tua alma
Sou teu céu, o teu inferno a tua calma
Eu sou teu tudo, sou teu nada
Minha pequena, és minha amada
Eu sou o teu mundo, sou teu poder
Sou tua vida, sou meu eu em você"

Victor & Léo - Meu eu em você

Uma tristeza paira nos meus últimos dias, não é infelicidade. É tristeza mesmo. Origem? Não sei e sei. Sei e não quero dar espaço para essa tristeza aumentar, então finjo que não sei.

A solidão não é mais opcional, é estar sozinha mesmo acompanhada. É implorar por atenção. É rastejar por carinho. É querer voltar no tempo. É entender que não da mais para insistir. Entender que 5 anos não são 5 dias.

Olhando a minha volta, minha vida, vejo-me igual minha mãe. Com a diferença que não tenho filhos e meu marido não tem amantes. A mesma vida, mesma rotina. Tudo aquilo que um dia me fez abominar um casamento está a minha volta. Estou triste por que eu sei como terminam histórias assim.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Novo Ano.

Mais um ano inicia.

É eu sou chata!

Estive doente, pra variar. Não é novidade para mim passar festas de final de ano doente. Afastei-me um pouco do blog por esses tempos, principalmente por que detesto ser estraga prazer, vendo todo mundo comemorar o que para mim não faz sentido algum.

Não é que não goste de Natal, Ano Novo e festas. Eu apenas considero tudo isso uma passagem de tempo normal, dias como outros dias quaisquer. Nada em especial.

Não prometi nada, então não devo nada a ninguém. Não pulei 7 ondas. Não comi lentilha. Não vesti branco. Não bebi cidra. Não comi uva. Não tomei banho de chuva.

O que eu fiz?

A meia noite de pijama olhei os fogos da sacada, longe da praia. Abracei meu marido e desejamos mais amor e compreensão um com o outro. Ele fumou um cigarro, tomou um copo de Coca e foi dormir e eu fiquei vendo TV. Dormimos e os dias continuam iguais.

Aprendi que não importa as promessas que eu faça, o que eu vista ou o que eu coma, naquele instante não tem importancia alguma, a meia noite não tem poder algum sobre minha vida. O tempo vai passar igual.. e todo dia é dia de um Novo Ano, por que eu tenho o "livre arbitrio". Eu posso decidir meu destino.