segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

vento traz...

Hoje acordei cedo e fui andar um pouco na praia.
As dores ja foram embora, preciso desse encontro comigo... que só o vento da praia me traz..

Preciso da solidão. Alguns dias acordo bem e outros nem tanto. As mesmas angustias de sempre.


Toda vez que tento enterrar algumas coisas dentro de mim, junto eu morro um pouco..por que querendo ou não.. tudo e todos fazem parte de pequenos sonhos e eu vivo de pequenos sonhos.

Eu menti para a psquiatra. Menti por medo... quando ela perguntou se eu ja havia tentado ou pensado em dar fim a vida. Menti... 1-por medo de que ela me afastasse do trabalho.. 2- por que eu não faria mais isso. E o fato de eu ter mentindo fica cutucando na minha cabeça.

Fui andar e pensando nisso. E pensar em tantas outras coisa.

Valeu...

Completei com um banho de mar.
Alma lavada?

Não.
Ainda estou pertubada.
Pelo menos sem dores...

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

....

Hoje já estou melhor..
Me sinto um pouco dopada, entorpecida pela medicação.

Hoje já consegui ir até a mesa fazer uma refeição. Tomar um banho mais descente e descer as escadas sem chorar.

Por que eu teimo em descer até a sala? Por que me sinto sozinha no quarto... apesar de ficar sozinha na sala também.

Ja estou andando melhor.
Ainda estou explosiva.. a dor me deixa de mau humor..

Creio que amanhã estarei melhor.
Se for como a outra vez.. ficarei alguns dias com medo de sentir dor.

Estou anestesiada e sem a minima vontade de falar e ouvir. Eu só quero uma cama gostosa pra dormir..

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

one day

Entre correr, ficar ou fazer merda, o que escolher?
Ficar.
Foi o que escolhi.
Por que?
Porque estou mentalmente esgotada, leia- se de saco cheio!
Não estou afim de correr.
Não estou afim de ficar.
Não estou afim de fazer merda.

Ficar é a única opção que não me trara grandes consequencias.

Ah sim! Ficar me deixa com sequelas mentais.
Fazer merda me traria graves consequencias emocionais.
Correr para/ me proporcionaris um desgaste fisico.

Não to afim de nada.
Ainda sinto dor.
Dor sinonimo de raiva.

Não to afim de ficar também.
O que me resta?
Já chorei o suficiente.

Cansada desse silencio.