sexta-feira, 17 de abril de 2015

Talvez...

(longos suspiros...)
 
 

 
 
Pelo jeito tenho alguma coisa em comum com Lady Gaga..

quinta-feira, 16 de abril de 2015

dias que...

Podia ser um dia normal.. mas não foi.
 
Quando fui busca-la, ela correu para os meus braços.. "saudades de você mamãe.". Elas me chamam para conversar, uma longa conversa, sobre birras, malcriações e palavras feias. Olho para aquela carinha linda, que com certeza compreendia tudo o que se falava a respeito dela. Eu não sei de onde eu tirei forças para ouvir tudo... Prometi conversar com ela.
 
Já no carro, desabei.. chorei de soluçar... e ouvi uma vozinha atrás.
 
"- Mamãe tá chorando?".
 
Como explicar a ela que não era com ela que eu estava triste, mas sim com outras pessoas. Aprendi que para criança não se mente, disse que sim, ela ainda não sabe perguntar o porque. Em frações de segundos, eu fui do pensamento.."onde eu estou errando?" para o dane-se.
 
"- Vamos ver as pombinhas e comer pipoca?"
 
"- A ígia (Lígia) que (quer) ve as pombinhas... a igia que...".
 
A vida é muito curta pra me culpar, a vida é muito curta pra eu coloca-la em padrões. Eu respeito a personalidade dela, elas apenas esquecem que ela acabou de fazer 2 anos, que so tem tamanho...mas eu conversei com ela depois com mais calma..

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Só pra rir..

Estava de cabeça baixa concentrada, quando vejo ela entrar correndo dentro da minha sala, com o celular escondido na blusa..
 
-Luuuuu me ajuda... como eu apago isso?
 
Olho para a tela do celular... "Eu vou levar .. maconha".
 
Ela apavorada me pedindo para apagar "isso" do celular dela e que não sabia como aquilo tinha ido parar ali. Não adianta explicar a ela o como, então perguntei o que ela queria dizer..
 
Ela queria dizer que ia "levar massinha e tinta". Descobri como a "maconha" foi para ali, ela ia digitar massinha com c. Ela toda preocupada me perguntando o que ela tinha que fazer, disse a ela que não adiantava apagar a mensagem já tinha sido entregue, apenas coloquei..
 
"Desculpe, escrevi errado e digitei a frase corretamente."
 
Mas pensa em uma pessoa se afinando de rir, foi de doer a barriga. E ela saiu com aquele olhar de que eu tinha salvado a vida dela e eu voltei pro meu trabalho.
 
É isso que da.. dar brinquedo de gente grande pra quem não sabe brincar! rsrs

domingo, 12 de abril de 2015

...

Pai, amanhã fará oito anos que você deixou meu mundo mais negro. Lembro aquela manhã, o telefonema, minha mãe do outro lado tentando ser forte para me dar a noticia, eu não chorei, eu estava sozinha, longe e não poderia ir, mesmo querendo.
 
E assim foi. Eu não consegui chorar, a dor era imensa. Lembro da ultima vez que nos vimos, você foi me visitar naquele hospital, parecia estar tão bem, eu não sabia que seria a ultima vez que o veria.
 
Eu sempre senti enormes saudades suas e eu te perdoei e compreendi que você errou muito, mas acertou também. E que nos te perdemos muito antes de tudo isso.
 
O tempo apagou as magoas, mas deixou ainda mais saudade. Saudade da minha infância. De te ver sentado na beira da varanda tomando chimarrão de manha cedo. De ve-lo cortando a grama. Lavando o carro ou espremendo laranja para fazer teu suco favorito. Do teu riso fácil e de teus olhos ligeiros. De me ensinar sem a intenção a amar o mundo dos livros. De ver você deitado na cama aos sábados vendo o "Bolinha" na tv. Da tua mania de só tomar agua em caneca de alumínio. De não gostar de alho e cebola. Amar carne. Do teu adoçante e teu pao integral em cima da mesa. De você comemorar a baixa da diabete com um bolo. De gostar de filme de faroeste. De ver como você não sabia se vestir e não ligava pra isso. Do teu coração generoso. De ser uma pessoa tão querida e amado por todos. Isso é um pouco de tudo de bom que você deixou guardado dentro de mim.
 
E como eu me sinto orgulhosa quando dizem que me pareço com você, mesmo quando a intenção é enaltecer os teus defeitos, eu lembro que posso ter os herdado, mas também aprendi e herdei tantas coisas boas.
 
E ainda eu te vejo nos meus sonhos. De certa forma você ainda se faz presente na minha vida e amanha é um dia que com certeza todos nos lembramos, foi o dia em que teu coração nos pregou uma peça, que ele decidiu parar de bater e com isso, o coração de todos nós deixou de também parou de bater um pouquinho...

sábado, 11 de abril de 2015

A cereja do bolo.

Os dias andam meio tortos. Os dias em geral, como sinônimo de tempo. Sinceramente eu não sei se eu ando sem paciência ou está tudo meio errado.
 
Nessa semana aturei pessoas incompetentes se intrometendo no meu trabalho e que não cuidam nem do delas.
Nessa semana eu fui pedir um favor de maneira muito educada a uma pessoa que era muito querida para mim e ela fez caras e bocas e ainda ficou chateada.
Nessa semana Lígia fez birras intermináveis, para entrar na escola, pra sair da escola, pra comer, pra tomar banho, para arrumar o cabelo.
Nessa semana tive discussões acaloradas com Saponildo a respeito disso.
Nessa semana eu descobri coisas que me deixaram bem tristes.
 
Foi uma semana e tanto. Surtei.
 
Ontem Saponildo chega em casa, mas entra porta a dentro, já me perguntando se eu queria ir amanha (hoje) comprar umas coisas que eu queria pra cozinha, que já estou adiando faz tempo. Sei que quando ele chega perguntando...
 
1- Ele já sabe a minha resposta.
2- Ele pretende adiar mais um pouco.
3- Ele espera que eu adie.
4- Ele pretende trabalhar no sábado.
5- Meu raciocínio é muito rápido. Quando ele vem com a farinha eu vou com o pão e isso irrita ele.
 
Disse de maneira não muito gentil, que eu queria sim, que já estávamos adiando isso a muito tempo e que ele já tinha falado que pretendia trabalhar no sábado, mas se não fossemos amanha (hoje) iriamos quando? Semana que vem? Depois? Obviamente ele surtou, pelos dois motivos, de eu acertar em cheio as pretensões dele e de eu não responder aquilo que ele gostaria de ouvir. Dane-se!
 
Fomos. Lígia estava insuportável, com direito a chiliques de se jogar no chão, eu saio.. viro as costas e deixo, ele vai..paparica e pega no colo. Previsões de longas DRs sobre isso.
 
Chego na loja, estava a olhar algumas coisas, escuto a voz do vendedor perguntando se eu precisava de alguma coisa, quando eu me virei, eu gaguejei, a beleza dele me constrangeu, devo ter ficado vermelha, fiquei tímida com os meus pensamentos, deveriam proibir as lojas de colocarem vendedores tão bonitos. Ele deve ter notado algo, por que foi o show dos constrangimentos, ele não conseguiu vender e eu não consegui comprar.
 
Levei um tempão dentro da loja e não levei nada. Na loja do lado uma mocinha me atendeu, comprei o que precisava.
 
A noite, ainda a pouco eu via TV, sei lá o que passava, eu estava olhando, não registrando o que olhava, acho que era um canal que passa um programa com "Mil formas de morrer", é meio bizarro. Escuto o celular me chamar, fui olhar...
 
"Lu.. tu pode fazer isso e isso e isso e isso e isso? Não esquece. Bjos¨"
 
Sim, era a pessoa a qual eu sou subordinada. Ela quer que eu faça algumas coisas em casa para adiantar o trabalho da semana e ainda eu leve meu note (ela é canhota, não consigo me adaptar ao dela!). Eu não sou obrigada a fazer isso. E todo final de semana ela me manda essas mensagens, obviamente que eu não faço e ela passa a semana a me lembrar disso, na boa vontade eu minto que esqueci.
 
Mas hoje como eu já estava com a língua afiada. Eu ate pensei em ignorar, não responder, mas meus dedos coçaram, mandei ela tomar naquele lugar.
 
Deu!
 
O problema que isso vai me gerar eu resolvo na segunda!

sexta-feira, 10 de abril de 2015

apenas minha falta de educação...


Tem horas que eu me obrigo a rir de mim mesma. Eu tenho essa minha mania, alguns chamam de falta de educação, eu chamo de convenções inúteis, por que eu tenho que dizer todo o santo dia ..bom dia, boa tarde e etc..?????
 
 Eu esqueço!!!
 
Será que ninguém entende que eu não sinto a mínima falta disso!? Que eu tenho esse jeitinho todo delicado de ser e ninguém perdoa...rsrs

quarta-feira, 8 de abril de 2015

na pratica...

Não sou romântica. É um fato sobre mim que quem me conhece jamais contestaria. O romantismo pra mim não passa de um idealismo que me faz suspirar, na prática não funciona assim. Sou preguiçosa demais, uma pessoa romântica ia me arrancar suspiros de tédio.
 
Não sou do tipo que gosta de ganhar flores ou chocolates. Das melações típicas de casais apaixonados, ligações intermináveis de telefone, troca de mensagens incansáveis. De surpresas ao pé de ouvido ou de demonstrações gigantescas de amor.
 
Isso não é pra mim. Gosto de ser livre, de me sentir livre, dar liberdade. Acho que não precisa disso, não precisa de todo o enfeite, talvez venha daí minha fama de ser segura de mim. Não é isso. Eu apenas gosto de olhar para a pessoa que esta comigo, e sem precisar de nada mais, saber que sou dele e ele é meu, simples assim.
 
A cumplicidade de um olhar e um sorriso.
 
Suspiros e romances eu deixo para as histórias que eu leio nos livros. O príncipe encantado, trabalha, cansa e assim como eu, tem o romantismo apenas como um ideal sem a menor pretensão de ser colocado em prática!
 
[...]Porque todas as estrelas
Estão desaparecendo
Apenas tente não se preocupar
Você as verá algum dia
Pegue o que você precisa
E siga seu caminho
E faça seu coração parar de chorar [...]
 

domingo, 5 de abril de 2015

Resultado teste de personalidade...




Link para o teste: *AQUI*

O meu resultado: (grifos e anotações por minha conta)

"ARQUITETO"

É solitário no topo e, sendo um dos tipos de personalidades mais raros e com grande capacidade estratégica, que encontramos o INTJ, que tem conhecimento de suas qualidades.(tenho mesmo!) Os INTJs formam só 2% da população, e as mulheres com este tipo de personalidade são ainda mais raras, formando só 0.8% da população – normalmente, é um grande desafio o encontro de indivíduos com as mesmas características, que conseguem acompanhar seu intelectualismo incansável e manobras estratégicas. As pessoas com o tipo de personalidade INTJ são imaginativas (sim) e decididas (em partes), ambiciosas (não muito), mas reservadas (muito), incrivelmente curiosas (demais!), e não desperdiçam sua energia. (lógico que não!)

Nada Pode Impedir A Atitude Certa de Atingir Seu Objetivo

Com uma sede natural por conhecimento que aparece cedo nas suas vidas, os INTJs normalmente são rotulados como “ratos de biblioteca” quando crianças. (kkkkk!)Enquanto isso tenha a intenção de ser uma ofensa, eles se identificam com o título e sentem orgulho dele, aproveitando a sua grande gama de conhecimentos. Os INTJs gostam de compartilhar o que sabem, confiantes no domínio do assunto escolhido, mas, devido aos seus traços Intuitivos (N) e Julgador (J), eles preferem desenvolver e executar um plano que brilhe dentro do seu campo de conhecimento do que compartilhar opiniões em distrações desinteressantes, como fofoca.
“Você não tem direito de expressar sua opinião. Você tem direito de expressar a sua opinião fundamentada. Ninguém tem o direito de ser ignorante.”
Harlan Ellison


Um paradoxo para muitos observadores, os INTJs são capazes de viver sob contradições gritantes, que, contudo, fazem sentido – pelo menos de um ponto de vista puramente racional. Por exemplo, os INTJs são simultaneamente, os mais idealistas e os críticos mais cruéis, um conflito aparentemente impossível. Mas isso acontece porque os do tipo INTJ tendem a acreditar que, com esforço, inteligência e consideração, nada é impossível, enquanto ao mesmo tempo em que acreditam que as pessoas são muito preguiçosas, pouco sagazes e interesseiras para realmente atingir esses resultados fantásticos. Ainda assim, essa visão cínica da realidade é improvável de impedir um INTJ interessado de atingir o resultado que eles acreditam ser relevante.

Quando Se Trata De Princípios, Seja Firme

Os INTJs irradiam autoconfiança e uma aura de mistério, e suas observações perspicazes, ideias originais e lógica formidável permitem que eles impulsionem a mudança com pura força de vontade e personalidade. Ás vezes, pode parecer que os INTJs estão inclinados a desconstruir e reconstruir cada ideia e sistema que eles conhecem, empregando um senso de perfeccionismo e até mesmo moralidade a este trabalho. Qualquer um que não tenha o talento de acompanhar os processos dos INTJs, ou pior ainda, não consegue entender o sentido deles, irá imediatamente e permanentemente perder o respeito deles.(Atualmente passo por isso no trabalho)
 
Regras, limitações e tradições são contrárias ao tipo de personalidade INTJ – tudo deve estar aberta a questionamentos e reavaliações e, se encontrarem uma forma, os INTJs agirão unilateralmente para representar seus métodos e ideias tecnicamente superiores e, algumas vezes, insensíveis e não convencionais.
 
Isso não deve ser confundido com impulsividade – os INTJs lutarão para manter sua racionalidade, não importando o quão atraente o objetivo final seja e, toda ideia, seja gerada internamente ou puxada do mundo exterior, deve passar pelo filtro cruel e sempre presente do “isso vai funcionar?”. Esse mecanismo é aplicado sempre, tanto para coisas e pessoas, e é aí que esse tipo de personalidade pode acabar tendo problemas.

Uma Pessoa Reflete Mais Quando Viaja Sozinha

Os INTJs são brilhantes e confiantes quando se trata do conhecimento que eles dedicaram tempo para entender, mas infelizmente o contrato social normalmente não é um desses assuntos. Mentirinhas e conversa fiada são difíceis para qualquer tipo que deseja verdade e profundidade, mas os INTJs podem chegar a ver conversas sociais como simplesmente idiotas. Ironicamente, normalmente é melhor para eles ficarem onde estão confortáveis – longe do centro das atenções – onde a sua confiança natural prevalece enquanto o seu trabalho com o familiar pode ser sua própria baliza, atraindo pessoas, romanticamente ou não, de interesses e temperamentos similares.
 
Os INTJs são definidos pela sua tendência de andar pela vida como se fosse um grande tabuleiro xadrez, com peças constantemente mudando com consideração e inteligência, sempre acessando novas táticas, estratégias e planos de contingência, constantemente manobrando seus colegas para que possa manter o controle da situação enquanto maximiza sua liberdade para sair. Isso não significa que o INTJ age sem consciência, mas para muitos tipos de Sentimento (F), a distância do INTJ para agir com emoção pode fazer parecer isso, e explica porque muitos vilões fictícios (e heróis não compreendidos) são modelados neste tipo de personalidade.
 
INTJs Famosos:
 
Vladimir Putin, Paul Krugman, Rudy Giuliani, Donald Rumsfeld, Colin Powell, Samantha Power, Lance Armstrong, Richard Gere, Arnold Schwarzenegger, Thomas Jefferson, John F. Kennedy, Woodrow Wilson, César Augusto, Hannibal.
 
INTJs Fictícios:
 
“Walter White” (“Heisenberg”) de Breaking Bad
“Gandalf the Grey” de Senhor dos Anéis
“Katniss Everdeen” de Jogos Vorazes
“Hannibal” e “Clarice Starling” de Silêncio dos Inocentes
“Professor Moriarty,” inimigo do Sherlock Holmes
Gregory House” de Dr. House (Explica-se minha paixonite por ele!)
 
Bom, acrescento um ponto de vista feminino a tudo isso: atraímos com facilidade o sexo masculino, mas infelizmente só nos sentimos atraídas por personalidades semelhantes a nossa, em que temos como marca a frieza e o raciocínio. Conheço pelo menos mais 3 exemplares do sexo masculino que tenho certeza que tem essa mesma personalidade. E por sermos assim, somos solitários por natureza.
 

sábado, 4 de abril de 2015

oasis...

 
 
Eu estava olhando.. tenho tantos posts no rascunho nos últimos tempos, olhei-os pra ver se eram publicáveis. Não. Íntimos demais. Dolorosos demais. Preciso silenciar e remoer ainda mais.
 
Ninguém tem culpa, nem eu. Já marquei a consulta com a psicóloga, irmã de uma querida amiga, experiente, competente e todos os "entes" necessários. Apesar de já saber todos os tramites iniciais, parece que consigo visualiza-la falando e o que ela vai me dizer, sou uma auto ditada na psicologia e já coleciono alguns anos de terapia. É preciso. Preciso de ajuda. Preciso de ajuda por mim. Para mim, exclusivamente por mim.
 
Vamos juntar os cacos novamente? Aqueles que novamente você deixou esparramados por aqui, aqueles que mais uma vez você foge como um menino assustado ao quebrar o vaso preferido de sua mãe.
 
Não tenho mais 20 anos. Não vou esperar o tempo curar minhas amarguras. Preciso de ajuda imediata, antes que tudo vire uma bola de neve, que atrapalhe minha vida, meu trabalho e o resto que ainda tenho de dignidade e amor próprio.
 
Preciso de ajuda. Como eu lutei contra isso. Ninguém tem culpa e ninguém merece a minha dor verbal, visual. Tenho pessoas que precisam muito de mim, preciso estar inteira.
 
Amanhã é Páscoa!
 
Ressurreição....

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Sexta-feira santa...

 
Você diz eu te amo e do outro lado do telefone um silencio...
Um e-mail sem resposta
Uma espera a olhar em um relógio que passa as horas..
 
Quem nunca.. a gente sabe o por que do silencio, o porque do e-mail sem resposta e também sabe que a pessoa não virá.
 
A gente sempre sabe, só não quer acreditar.

***

Somente agora me dei por conta do motivo do feriado, que para mim era só mais um, mas não, com certeza vai de me deixar com a boca amarga e os olhos marejados pelos cantos.
 
A gente se conheceu nesse mesmo feriado, a tanto tempo atrás que não faço questão de contar anos. Eu estava em casa quando ele me ligou. Ele dizia já saber meu endereço eu ingênua perguntei como.. ele disse que foi fácil, foi só procurar pelo numero de telefone na lista telefônica. Rimos, marcamos de nos encontrar em frente a igreja matriz 10 paras as duas. Engraçado como sempre gostei dessa hora, rimos mais um pouco.
 
Era uma sexta feira linda, sol já de inverno. Não estava quente, mas não estava muito frio. Vesti minha velha calça, um casaco preto e minha boina. Eu sabia muito bem onde estava indo, minha cidade, meu espaço. Sabia o melhor ângulo de observa-lo sem me notar, mas decidi chegar de frente, não queria brincar de esconde- esconde, estava ansiosa demais para isso.
 
Eu o vi, lá sentado nos degraus da igreja, que faz parte da minha historia da minha família, meu avo ajudou a construí-la, e aquelas pedras foram testemunhas do encontro que mudaria minha vida. Ele me viu, atravessou a rua e veio até mim.
 
Foi o inicio do fim.
 
(nos sabemos a resposta, só não queremos acreditar!)

***
 
E só para constar, eu peco o ano todo, então hoje é um dia normal...