sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Reencontros

Toda vez que tenho que voltar ao campus em que cursei a minha antiga faculdade, da um frio enorme na barriga, da medo. Medo de reencontros, de ter que me explicar. Não tem jeito, é só lá que tem o melhor e mais barato xerox da cidade, não tem como fugir.

Lá me fui ontem, já na entrada do estacionamento, uma voz atras de mim... "Ei, psiu, o que tem feito? Faz tempo que nao te vejo mais!" Eu queria enfiar minha cabeça no buraco, "o tempo que nao te vejo mais" é igual a anos! Preferi fingir que nao era comigo, mas a mulher nao sossegou e refez a pergunta atras de mim.

Tive que parar, dar explicações e ela era a senhora da papelaria, pq será que senhoras de papelarias nao me esquecem???

Na metade do caminho, reencontro meu professor, antigo tutor de estagio, que foi o periodo em que parei e "seu madruga" na hora me reconheceu e me fez cobranças. Enquanto ele me fazia perguntas, surge um colega que hoje é professor do mesmo curso, tive que parar alguns minutos pra conversar e mais explicações... e me fui em direção ao xerox.

No xerox, o carinha que trabalha lá a anos, tbm me fez perguntas...

E eu que só queria tirar umas 200 copias e nao via a hora de sair de lá! Mas é bom saber que apesar dos anos, percebo que notaram a minha ausencia, que me senti querida e acolhida naquele lugar que um dia foi meu sonho, nao digo que nao voltarei mais, que eu desisti, mas no momento minha vida segue outro rumo, quem sabe um dia eu volte a terminar o curso...

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

...

Ainda procurando pela paz perdida. Passei da fase do desanimo para a raiva e agora veio a tristeza. Vai passar. O problema é que eu sempre espero demais das pessoas, espero ser compreendida, espero dos outros a mesma atitude que eu teria. E eu sei que ninguém é igual a ninguém e isso me entristece.

Odeio gente fofoqueira. Pior que nem dá pra dizer que é por falta do que fazer, por que tem gente que tem muito o que fazer e mesmo assim sente prazer em fazer fofoca.

Sei lá, com o final de ano se aproximando é tempo de se pensar que com a chegada do Ano Novo tudo se resolva, tudo passa, a renovação de esperança.