sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Um homem que gosta de novela!

Não é novidade pra ninguém que eu goste de novelas. Nem sempre foi assim. Aprendi a gostar com o Sir Saponildo. É!!! Com um homem mesmo!

Na minha casa, quando criança, tv e principalmente novela era coisa para adultos, e eu acostumei a não ver. Conforme a idade e a liberdade crescendo, não assistia por não gostar. Um dia eu caso e por sorte encontro um homem viciado em novelas.

O que aconteceu ontem?

Como essa semana ele tem feito muitas horas extras, ele tem não conseguiu acompanhar suas adoradas novelas. E não é pouco... ele é do tipo que sabe o nome dos atores, dos personagens, e ainda torce emocionado com a história e dia de final de novela fica em estado de excitação.

Ele tem sempre a mesma rotina no curto periodo de tempo que fica em casa. Chega, banho, janta, e vem ao computador rapidamente (pq tem que ver as novelas!), olha algumas coisas sobre o esporte...e vai pra cama .. ver as novelas.

..ontem passando por ele no computador me deparo com a tal cena...

... Saponildo lendo resumo de novela!....

"Ai é pá caba!"...

Essa era novidade até pra mim!

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

....

Tem dias que uma música pode falar pela gente. Acho que as músicas do Capital Inicial sempre falam por mim, falam para mim...

Mais

É sempre frio
É tão estranho
Podia ser perfeito, mas foi quebrado
Caindo no vazio
Do lado errado
Não há nada que eu possa fazer
A não ser sair sem destino
Cantando o novo hino dos descontentes

Eu sempre quero mais que ontem
Eu sempre quero mais que hoje
Eu sempre quero mais do que eu posso ter

Agora é cinza
Imprevisível
Podia ser pior e remendado
É Impossível
Descontrolado
Não há nada que eu queira dizer
A não ser: "saia sem destinocantando o novo hino dos descontentes"

Eu sempre quero mais que ontem
Eu sempre quero mais que hoje
Eu sempre quero mais do que eu posso ter

Mais do que palavras
Mais do que promessas

Mais do que o mundo pode me dar

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Dificuldade em dormir

Eu não tenho insônia! Eu tenho dificuldade para dormir, deve ter alguma diferença, acredito eu com a minha ignorancia! Isso dificulta demais o meu dia, tem dias que eu passo "amoada", devido as noites mal dormidas.

Tenho uma dificuldade em dormir e uma facilidade para acordar.

Não tem chá, leite quente, livro... nada que resolve quando a noite chega e eu quero dormir. Eu desejo dormir, tenho sono.. mas qualquer barulho me desperta e fora a minha perigrinação até o banheiro.

Minha mãe hoje em dia, toma remédio para dormir. Não quero chegar a esse ponto. Queria ter noites normais, ou dormir como os homens, que mal deitam na cama.. dorme e acordam no outro dia, da mesma forma que deitaram.

Preferia que esse fosse o meu lado masculino sobressalente e não minha racionalidade.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Ainda bem que envelhecemos!

Ontem estava a conversar com um amiga pelo msn, e lá pelas tantas da conversa ela disse: "eu fico tão constrangida quando tenho que dizer que não estou trabalhando, que estou encostada por problemas de saúde.."...

E eu com essa minha delicadeza e sutileza: "-Diz por que quer...".

O problema foi explicar a ela o meu ponto de vista, pois tenho quase certeza que ela se chateou. Disse a ela que simplesmente se isso a constrange, não tem por que ficar dando explicações a qualquer um, é só dizer que no momento não está trabalhando, não preicsa dizer por que e nem onde trabalhava antes.

Ela não é mais nenhuma menina. E uma coisa que eu posso dizer, eu amo ter a minha idade, eu amo estar envelhecendo (não exteriormente!). Queria ter essa minha cabeça aos 17 anos.

A sutileza e a delicadeza.. essas me acompanham a muito tempo ;) eu só precisava da maturidade.

sábado, 15 de agosto de 2009

Ajudem! Campanha Pedigree!

A cada visualização do video, a Pedigree irá doar uma refeição para os cães abandonados


Não custa nada! Com certeza que tem gente aí que vê um monte de porcarias no You Tube e ainda ri, então clica lá, veja e divulgue!

Link do vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=2DR6XqBKkSM

Mais: http://www.adotaretudodebom.com.br/

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Você Irritante? Imaaaginaa!

10 maneiras de fazer você e todos ao seu redor se sentirem muito mal:

1. Transforme pequenos morros em montanhas
Não importa o quão pequeno seja seu problema, aumente-o até que fique insuportável! Se a impressora emperrou, não é um incômodo, é um desastre! Se o carro está com barulho estranho, não é algo que acontece com o uso, é algo que vai custar uma fortuna pra arrumar!

2. Viva em função do problema
Agora que você tem um problema, cuide para que ele tome conta de todos seus pensamentos, até atrapalhar sua relação com os amigos e família. Pense nele e em todos os possíveis problemas decorrentes até não conseguir mais dormir.

3. Se preocupe com coisas que você não pode mudar
Já que os problemas que você pode solucionar só nos ocupam por um tempo, é melhor se preocupar com os que não temos absolutamente nenhum controle! Se precisar de ajuda é só ligar o Jornal Nacional.

4. Deixe tudo se acumular
Deixe tudo que o estressa se acumular, como contas a pagar e e-mails para responder. Quanto mais você enrolar, mais relutante você vai ficar em resolvê-los.

5. Culpe os outros
Nunca tome responsabilidade pelos seus erros. Culpe seus pais, a sociedade, o governo, seu chefe ou sua irmã mais velha. E, claro, não esqueça de dizer a eles de quem é a culpa por sua vida ser tão bagunçada.

6. Se maltrate
Sempre dê ouvidos àquela vozinha na cabeça que diz que você é burro e preguiçoso, até você mesmo acreditar nisso. Se culpe por erros de 20 anos atrás e por não ser 100% perfeito.

7. Reclame bastante
Quando estiver se sentindo miserável, deixe o mundo saber disso. Reclame com os colegas, com os amigos, reclame do clima, do preço da gasolina, da mídia e do governo. Se toda palavra que sair da sua boca for negativa, você estará fazendo um ótimo trabalho para manter o mau humor.

8. Nunca aceite ajuda
Inevitavemente sua reclamação vai fazer alguém te oferecer ajuda. Insista que você não precisa! Mostre que ninguém seria capaz de amenizar seus problemas e que é uma ofensa eles se oferecerem para te ajudar.

9. Siga o caminho de menor resistência
Ao ter que fazer uma decisão, busque a de menor resistência. É mais fácil ficar num emprego terrível do que buscar algo melhor. É mais fácil comer fast-food do que cozinhar, então continue até ela afetar seu bolso e sua saúde. Se você se sente desmotivado, o melhor é ficar em casa de pijama jogando videogame. E ainda reclame (ver passos 5 e 6) de nunca conseguir nada direito.

10. Nunca tire folga
Continue trabalhando ininterruptamente: a falta de sono contribuirá para seu mau humor. Ria de todos que sugerirem férias e diga a eles como são preguiçosos.


*** Demorei, mas aprendi a não fazer essas coisas. Bom final de semana a todos! ***


Fonte: www.scienceblogs.com.br

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Sofrimento?

Como eu tenho reparado nos últimos dias o sofrimento alheio. Eu tenho visto cada coisa. Desculpem-me os sofredores, mas os motivos que eu tenho visto, não me fazem ter compaixão.

Algumas pessoas gostam de sofrer, ficam procurando motivos.

Outras acham que não podem suportar toda essa "dor".

O que eu penso?

Vão lavar um tanque de roupa suja!

Amor??

Não. Nego-me a ver esse tipo de sofrimento! Afinal se existe dor, não existe amor! É irritante ver lamentações a esse respeito. Cada um na sua. Mas se eu tivesse ficado me lamentando 6 anos atrás eu ainda estaria "sofrendo".

Dinheiro???

Aff... tem pessoas que nem tem o que comer. Alguns reclamando que não podem comprar aquela modinha esse mes! Eu vivo com pouco e vivo bem! Quanto mais se tem ..mais se quer!

Cada um na sua...

Sofrer por que gosta é burrice!

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

...

Eu queria por um momento poder explodir.
Gritar para o mundo o que eu sinto, o que eu penso.
Mas eu não posso! Eu magoaria pessoas que sei lá o por que gostam de mim.
Eu odeio que sintam pena de mim.
Odeio limitações.
Odeio estar sentindo o que eu sinto.
No meu conto de fadas eu sou feliz.
Tenho um castelo alugado.
Um principe que virou sapo.
E eu sou uma princesa escondida.
Eu queria as vezes ser indelicada.
Eu queria falar tudo que passa pela minha mente.
Eu só não posso...
Eu seria punida...

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Preocupação...

Parece que meus dias de sossego foram-se! Ontem ouvi algumas noticias na rádio que estremecerão minhas anteninhas e eles (os locutores) ainda frisam: "Nada de alarmes, nada de panico!".

O que começou a me preocupar? "Essa tal gripe mundial ai".

Bom, o principal.. eles disseram que por esses dias o prefeito ira fazer um comunicado a respeito disso, bem provável que irá decretar estado de emergencia na cidade.

Nada de alarmes! Mas o negócio é o seguinte: Moro em uma cidade hiper mega turistica, que muito foi afetada com a enxente que nao teve como esconder, afinal o Brasil inteiro viu o que aconteceu com SC, porem com a tal gripe é diferente.. eles estão escondendo muita coisa, para não alarmar a população e ainda mais os turistas!(aqui muita coisa vai para baixo do tapete)

Só que a coisa chegou a um ponto, que os pais estão indo a rádio, alertar os casos confirmados e que eles não querem suspender aulas, fingir que está tudo bem, todos sabemos que qualquer coisa viral se espalha rapidamente entre crianças e principalmente onde elas mais ficam.

Eu não devia estar alarmada, mas sei que a minha imunidade não é minha melhor amiga.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

A Lei do mais forte!

Eu sou uma observadora, isso não é novidade. Geralmente os meus alvos escolhidos são as pessoas. Personalidades desfilam na minha frente e eu adoro isso, tentar compreender o ser humano.

Como criança também é gente, (risos)! Elas também são alvos faceis.

Na frente da minha casa moram muitas crianças que eu já desisti de entender o grau de parentesco existente entre elas, só sei que são umas 6, uma escadinha e que não são irmãos.

O menor é um menino ruivo, cheio de lindas sardas, deve ter uns 5 anos, que todos chamam carinhosamente de "Pachola", ele anda sempre com o dedão na boca.

Pachola por ser o menor, em idade e tamanho, é a bola da vez, todos os demais mandam nele e ele chora, apanha mas obedece e acreditava eu que até aceitava essa condição. Muitas vezes até senti uma peninha dele.

Essa semana que passou veio morar mais um menino, menor que Pachola.

E o que eu comecei a observar? A Lei do mais forte...

Fiquei surpresa quando vi Pachola batendo no menor e mandando ele buscar a bola.

Não conhecemos realmente as pessoas até que elas tenham poder!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Amores Irracionais

Bem, se é que podemos chamar o amor de algo racional. Ainda mais quando eu chamo de "amores irracionais", defino assim os amores que sentimos sem explicação. Novamente.. se é que podemos explicar o amor.

Então quem sou eu para criticar amores assim ou para tentar entende-los?

Esse tipo de amor já bateu algumas vezes na minha porta. Mas a história que vou contar pode parecer uma coisa idiota e quem disse que amar não é uma idiotisse..

O detalhe: na minha geração, uma menina de 12 anos ainda podia ser chamada de criança e ingenua.

É eu era uma criança tola e ingenua. Tinha 12 anos. E acredito que foi um dos primeiros amores irracionais que tive. Ia todos os dias para a escola, pela manhã, mesmo caminho e mesma colega.

Na metade do caminho sempre encontravamos o mesmo "moço" parado em uma esquina, de bicicleta, esperando não sei o que, e é lógico que isso despertou minha atenção.

Ele era bonito, moreno indio, cabelos lisos até o pescoço, devia ter uns 15 anos. E eu me apaixonei. E durante todo o ano, ansiava ve-lo, meu coração dava pulos quando passava por perto.

Mas eu nunca saberei o nome dele e nem o que ele fazia naquela esquina, eu nunca tive coragem de chegar perto dele, só sei que eu o amei.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Fanfarra

Quem pensou que a minha novela com o barulho da vizinhança acabou, enganou-se... na verdade algo inusitado acontece em minha rua. Com a minha mudança no inicio do ano, vim parar bem próximo a uma escola municipal.

Fora o barulho da sirene e do sinal para a troca de periodos, que eu já me habituei, não preciso nem de relógio...

Mas tem um barulho extra desde que recomeçaram as aulas.. já havia começado antes das férias, mas em menor escala, agora eles vieram com tudo.

Do que estou falando?

Do ensaio da fanfarra!!

Todos os dias pontualmente das 18 as 19 horas, parece ter um desfile de 7 de setembro dentro de minha casa! E é bem para isso que eles estão ensaiando...

... e eu acho que eles tem muito o que ensaiar...
... então eu tenho muito ainda por ouvir... rsrs

terça-feira, 4 de agosto de 2009

O sonho....




Sabe quando você acorda e lembra de tudo o que sonhou. Eu acordei hoje com gostinho de quero mais. Tentei voltar dormir pra ver se o sonho continuava mais não...
Sonhei que estava na casa que passei toda a minha infancia, via pessoas limpando o quintal dos fundos, e do meio surge o pé de pitanga...
E bem acima da minha cabeça, a pitanga mais vermelha.. brilhava, e eu salivava por ela.. acordei tentando pega-la..
Fazem anos que não como pitanga, desde que mudamos daquela casa, e eu não sei por que essa lembrança veio me perseguir a noite...

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Dia Lindo!

"Erguendo-se sobre ele em todos os momentos de vigília, havia a mão do tempo, que não hesitava em atormentá-lo. Sorria, apertava e o deixava viver. Que grande maldade podia haver em se deixar uma coisa viva!"

A menina que roubava livros - Markus Zusak

E a fase passou. Posso dizer: "eu já sabia, ela sempre passa". A minha paz interior voltou a habitar meu corpo, foram dias bem frios e chuvosos e tudo contribui para a minha melancolia. Alguma coisa eu tinha que mudar e para mim as mudanças sempre começam de fora para dentro até eu me reencontrar. Foi o que aconteceu e até o blog sofreu com isso.

Hoje o tempo pareceu adivinhar meu estado de espirito e me presenteou com um sol lindo, que a mais de duas semanas não aparecia nessa maravilha do atlantico sul.

Ontem foi o meu grito de liberdade, sai dos dias negros e como quase sempre eu busco energias em pequenas coisas como ler um livro, e somente eu sei o prazer que eu sinto quando eu termino de ler um bom livro, é como se as minhas energias fossem renovadas.

Terminei A menina que roubava livros - Markus Zusak, tá certo que eu devo fazer parte de uma pequena parcela que ainda não havia lido.. mas eu li e eu amei! Recomendo!


*Uma ótima semana a todos*