quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Olhos desvendados...

Maria Gadú - Lounge

Eu e você assim de perto dá
Pra eu me perder de vez nas tuas tintas
Me dê uma noite, um pouco da manhã
Só pra eu sacar se os olhos mudam de cor
 
Eu nunca prestei muita atenção no porque meus olhos mudam de cor. Apenas sabia que cada dia eles tinham uma tonalidade, entre castanhos escuros, amarelado e esverdeados.

Acreditava que assim como meu humor, eles mudavam conforme o tempo. Em dias ensolarados: amarelos como o sol e em dias escuros nublados e chuvosos, pareciam escurecer.

Fui alertada da possibilidade deles mudarem conforme minhas emoções. Nunca havia pensado nisto, e ninguém nunca prestou atenção suficiente neles para chegar a essa conclusão. Ocorreu-me que eu escondo tão bem as minhas alegrias e minhas frustrações, que óbvio que meus olhos mintam para as pessoas, assim como eu.

Então eu seria a única responsável para descobrir se essa mudança também poderia ser pelos meus sentimentos.

Ontem a noite, após uma conversa franca com meu marido, uma conversa daquelas abertas, que emoções são expostas e que eu saí cheia de boas energias. Sabem quando a cabeça parece uma caixinha de sonhos, foi assim que saí dessa conversa, vivendo sonhos por antecipação, mesmo que eles só venham se concretizar daqui a 6 meses, eu já estava vivendo intensamento tudo aquilo, e lembrei dos meus olhos, corri até o espelo, e para minhas surpresa eles estavam lindamente amarelados e cheios de vida. Fiquei feliz pela descoberta, afinal não tinha a claridade do dia, nem sol, nem chuva.

E hoje eu descobri que eles ficam lindamente esverdeados quando estou triste.

Um dia feliz, no outro nem tanto. Mas agora eu sei que meus olhos não mentem pra ninguém, apenas nunca ninguém se deu ao trabalho de desvenda-los, nem eu mesma. Até ontem...

3 comentários:

Nanda Assis disse...

humm q lindo isso, e os olhos tbm.

bjosss...

Lay disse...

Oi Lucí, interessante isso né?
Bom saber que mesmo que você tente esconder, seus olhos irão falar.

um big beijo.

Lusinha disse...

Se eu lhe encontrar um dai então, espero que eles estejam cor de mel. ;)
Bjitos!