quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

E as bodas de madeira?

É meu povo que entra aqui nesse blog procurando a palavra milagrosa "Bodas de Madeira". Não sei o que tá havendo. Deve ser um evento super pop, de alguém muito importante que estão levando as pessoas fazerem inúmeras pesquisas no google, porque todas os dias eu tenho no mínimo 2 pessoas que chegam até aqui por causa dela.

Pois é meu povo, posso garantir a vocês que Bodas de Madeira, já eras. No próximo mês completo Bodas de Açúcar, 6 anos de casamento.

Não tenho nenhum evento chique preparado. São apenas 6 anos de uma "dupla de dois" dividindo a mesma casa e conforme os anos forem passando eu vou acrescentando apenas anos de união, sem festejos. Eu sei que deveria comemorar, afinal hoje em dia o casal que consegue passar mais de um ano sob o mesmo texto merece muitos fogos e brigadeiros.

Não é nosso caso. Agora se você que entra aqui através dessa palavra quer algumas dicas para também chegar até as Bodas de Açúcar, o negócio é assim:

Muita, mas muita paciência e o principal: "Nunca deixe de ser você mesma, para agradar um parceiro, homem nenhum no mundo merece sua despersonalização"

5 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Assino embaixo.

beijooo.

Uma aprendiz disse...

Eita nois, agora que soube que o troféu por 6 anos de casamento recebe o nome de Bodas de Açúcar kkkk

Realmente, quando cheguei aos 6 anos vivia no puro mel.

beijos, moça e parabéns por mais essa vitória

Dora disse...

Eu vi a atualização pelo hotmail, então pensei: e eu, bodas de quê mesmo?! Fui espiar (pra que serve o Google?!) Aos 15 de fevereiro próximo, estarei "in bodas de cobre"... são oito anos. Incrível! Como passa o tempo. Masssssssss creio eu que o ingrediente mais eficiente para destruir qualquer união, seja sempre a intolerância. As pessoas não cedem muito.
Parabéns pra nós, Lucizinha! E que venham muitas outras bodas cheias de alegria, principalmente. Seja em meio de açúcar, madeira, cobre, estanho ou qualquer outra coisa. E que haja compreensão e respeito sempre!
Um cheiro bem grande (devagar vou voltar ao mundo dos blogs... rs rs)

Anônimo disse...

Açucar mascavo ou Demerara ? #LenhaPraQueimar

Zé Gotinha disse...

Adorei o post.
Obrigado por me visitar, volte sempre. Não me recordo de já ter retribuído a visita, um dia eu posto novamente, não eras, estou totalmente abatido do último post para cá, dá pra perceber, né?
Mesmo que agora por outros motivos,
enfim, quando eu crescer quero ser igual a você neste texto que escreveu. Sentimental demais, sou o último ridículo do mundo moderno.
Se cuide e continue assim =)

Mas ao contrário de você, acredito que mulher nenhuma no mundo merece a despersonalização do parceiro. HEHE... (um dia você irá me entender)

Beijos!