segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

medo de sonhar...

É inevitável não sonhar. É inevitável parar de sonhar.

Em alguns momentos do meu dia me pego sonhando. Tento afastar meus pensamentos, mas já não tenho mais controle sobre minhas expectativas.

A última vez que criei fantasias que não dependiam somente de mim, foi no ano em que perdi meu pai. Era inicio de ano, eu envolvida em promessas e planos e quando vejo o personagem principal de toda a minha história parte dessa vida e me deixa com meus sonhos e minhas frustrações. A dor foi tão imensa que de dois anos pra cá, não me permiti mais sonhar até...

...até que um desejo súbito de voltar pra minha terra natal, voltar a viver com minha mãe, rever velhas amizades, olhar em olhos já distantes, eu tenho viajado em meus pensamentos até lá, todos os dias eu me pego sonhando em como vai ser tudo e estou a colocar toda as minhas esperanças nesses momentos futuros.

Hoje senti medo. Lembrei do que já aconteceu antes. Senti medo de perder minha mãe. Senti medo de não conseguir e senti medo de sonhar...

6 comentários:

Lena disse...

Oi Lucí! ^^ Vim aqui responder seu comentário e dar-lhe forças para sonhar :] às vezes a gente quer mesmo desistir de tudo, mas medo é bom... ruim é o medo de ter medo. Pense nisso ^_^'
Espero do fundo do coração que dias melhores apareçam em sua vida, cheios de esperança e força!

Um beijo!

Pelos caminhos da vida. disse...

Sonhar é bom, não tenha medo, aquilo foi uma coincidência, não irá acontecer de novo.

beijooo.

Ana Lu disse...

Ah não Lucí!
Tenha medo de qualquer coisa nessa vida, não de sonhar.
Já leu esta frase:
'Sobre sonhos, antes a angústia de não os ter realizados que o enorme vazio de não tê-los'
Eu concordo.
Sei lá, uma vida sem sonhos seria estranhaa
=/
Beijoss

Talita disse...

Belas palavras, força na peruca Lucí, parece que seu coração começa a se iluminar novamente, deixa a luz entrar.
Beijos ;*

Uma aprendiz disse...

Selecionei dois poemas, do meu blog "Mulher e Cia" que resolveu se "auto" excluir para visitas.

Como ambos retratam bem os meus sentimentos de HOJE,
eu os escolhi para dizer "ATÉ BREVE" à todos vocês:

Vou viajar DE MIM
vou jogar todas as roupas da mala
rasgar papéis
apagar anotações
queimar a agenda
Sofrer.
Sofrer completamente.
Até que passe.


beijos e boa terça pra você.

Lusinha disse...

Mas isso não pode, é isso que nos impulsiona!
Bjitos!