quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Sobre ciúmes..

Vou partir do inicio, eu não tenho ciúmes! Então eu posso falar de como conviver com uma pessoa ciumenta é sufocante. Pelo menos 3 dos meu relacionamentos foram com pessoas "autodestrutivas" (sim, por que vc ficar a imaginar coisas que nao existem destroem qualquer sentimento e relação).
 
Saponildo já teve esse agravante em sua lista de defeitos. Com o passar dos anos, das minhas varias concessões, chegamos a um nivel que eu considero satisfatorio para uma relação. Ele até pode sentir, mas guarde-o pra si.
 
Uma cena por essa semana:
 
Após o trabalho, ele foi na padaria, enquanto eu e a Lígia esperavamos no carro, ela tontinha de sono, dormiu com uma "roquinha" (rosquinha de polvilho) na mão. Eu ali, sentada perdida em meus pensamentos, estava garoando, vejo ele saindo da padaria e atravessar a rua meio correndo, desviando dos carros. Na calçada passava um grupo de mulheres, a que estava mais proxima da rua, ficou olhando pra ele, mas nao com aquele olhar despercebido, era um olhar de cobiça. Assim que percebi o olhar dela, olhei pra ele e entendi, ele não tinha noção de como toda a cena o favorecia, a noite, a garoa, o correr o deixaram extremamente sedutor, sexy e um olhar afiado de uma mulher percebeu isso. Ele tambem percebeu, olhou de volta e entrou no carro.
 
Olhando a cena por diferentes graus de ciume:
 
A ciumenta louca - Bem provavel que não esperaria ele entrar no carro, pra dar um barraco e perguntar alguma baixaria para uma estranha na rua.
 
A ciumenta moderada - Assim que ele entrasse no carro, ia perguntar se ele a conhecia e isso acabar em uma discussao horrorosa.
 
A ciumenta em menor grau - Ia perguntar se ele a conhece e ficaria satisfeita com uma resposta negativa.
 
No meu caso, a não ciumenta, ele entrou e a gente foi pra casa, sem perguntas, sem stresse. Pronto, foi só uma mulher estranha que cobiçava meu marido como já vi isso tantas outras vezes. Não digo que sou fria, logicamente que se eu visse ele tento contato intimo com outra mulher na minha frente, eu nao ia ficar parada e o primeiro a levar uns tapas ia ser ele, pois afinal quem tem um compromisso comigo é ele, é ele que me deve respeito.

Nenhum comentário: