terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Alma limpa


Quando criança, diferente de muitas crianças, eu amava tomar banho.

Ainda amo.

Lembrei da minha infância, ontem ao entrar em baixo do chuveiro.

E como aquela criança que eu era, sentei-me no piso gelado e deixei a água cair na esperança que levasse minhas angústias para o ralo e deixasse minha alma limpa.

Nenhum comentário: