quarta-feira, 1 de julho de 2015

Tempo perdido..

Estar em paz, não significa estar feliz. Minha vida é uma mentira. Chego ao absurdo de fugir dos meus próprios pensamentos, fugir das minhas verdades não ditas. Inevitável as discussões, mais uma vez eu tento fazer com que ele me entenda, mas ele não quer me ouvir, ele finge pra si mesmo que está tudo bem.
 
Não está. Faz tempo que não está. Peço coragem na maior parte dos meus dias pra eu conseguir ir em frente sozinha. Ele explode. Ameaças. Uma noite. Vou levando a vida. Esqueço por pouco tempo e o ciclo interminável recomeça e nunca encerra.
 
Só eu sei o quanto eu tento. Tento acalmar a minha alma que sofre, tento sorrir, tento ser gentil. Tento agrada-lo fisicamente, por que internamente sou incapaz de conseguir.
 
Sofro. E há quem diga que sofro por que quero. E não tiro a razão de quem usa essas palavras, mas ninguém vive a minha vida pra me julgar e pra me entender.
 
"Veja o sol
Dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega
É da cor dos teus olhos
Castanhos
 
Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos
Distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo"
 
(Tempo perdido - Legião Urbana)

Um comentário:

Asas Negras disse...

Se você sofre porque quer? Não sei. Você ainda não tem um motivo forte o bastante para impor sua vontade a qualquer custo. Algo lhe segura. As vezes é incrivelmente difícil tomar a decisão que nos faria feliz quando pensamos em todos que vamos ferir no cainho. Se bem que uma vez eu tomei essa decisão. De certo modo isso ainda me cobra um preço...