quinta-feira, 9 de julho de 2015

...

Depois do nascimento da Lígia, passei a enfrentar problemas com meus olhos, que sempre foram problemáticos, mas passei a enfrentar problemas com as minhas lentes, ter miopia, astigmatismo e ceratocone é só para os fortes.
 
Fiz essa associação, por que até então eu fazia a troca por achar que o grau havia aumentado, ou por um tempo suficiente de uso, que no meu caso, como as lentes são rígidas, se prolongam de 2 a 3 anos, mas logo que ela nasceu, aconteceu de a lente do olho direito começar a "embaçar" mesmo limpando, ela logo ficava assim e logo o mesmo problema passou para o outro olho.
 
Passei pelo oftalmo, que disse que era por estarem velhas. Até concordei.. fiz novas.

Eis que faz uns dois meses que iniciou novamente o mesmo problema anterior. Marquei consulta novamente, afinal do jeito que está não da para ficar. Para minha surpresa fui encaminhada para um médico novo. Fiquei extremamente satisfeita com a consulta, e fiquei mais tranquila... ele olhou meus olhos de cabo a rabo e me garantiu, que por todos os anos de uso de lentes, minha córnea e retina estão em perfeito estado, então o problema não é clinico e não deve ser nas lentes, o que esta acontecendo é que esta acumulando mais proteína em uma lente do que na outra, nada que uma limpeza mais profunda evitara que aconteça com as próximas que estão por vir.
 
Saí de lá feliz. Chovia bastante. Já era noite, afinal o transito de BC/ Itajaí em dia de chuva é o inferno, mas voltei pra casa de alma limpa e pelo menos mais tranquila, já andava a ficar preocupada com a infeliz coincidência, mas estamos bem... quer dizer...
 
Meu coração quase saiu pela boca quando ele disse que meu olho aumentou um grau e meio nesse período de um ano e meio também. Fiquei triste por isso, mas entendi por que meus olhos insistem em brigar, a diferença entre eles e cada vez maior..
 
...o que me fez pensar, que se até os olhos, diante das diferenças brigam, é uma lei da natureza... porém um depende do outro. Assim é!

Nenhum comentário: