terça-feira, 23 de setembro de 2014

Junto com a primavera vem...

Nunca esqueci, não teve como. Lembro de dizer a você como eu era ruim com datas e você dizendo que o seu aniversário eu jamais esqueceria, era quando começava a primavera. E foi assim durante todos esses anos, a cada inicio de primavera eu lembro de ti.
 
Não seria diferente hoje. Quando ouvi alguém falar a data e pronto... lá eu estava por lembrar.
 
Verdade que são poucas as datas que eu lembro, não queria lembrar essa, mas quem mandou você nascer junto com a primavera?

2 comentários:

Branca disse...

Não dá mesmo para esquecer.
:))

Sandy Bochechas disse...

Estava por dias e dias ensaiando vir aqui, muitas vezes pela correria com o fim da faculdade (me formo esse ano!), com o trabalho, com as idas e vindas com minha sinusite atacada que virou gripe, me deixou de cama.. enfim.
E quando volto percebo que voltou com frequência (?!) a escrever. Que bom! Saudades dessas palavras, é como se o tempo não tivesse passado.. mas passou e percebo uma certa tristeza, porém quando fala de sua filha, há uma leveza, tão sublime.. que amor.

Junto com a primavera vem as flores! Beijos