segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Não se contaminar.

Tem horas que dar tempo ao tempo é a melhor escolha. Já aprendi que chorar não resolve, ficar pensando não resolve, ando instrospectiva e irradiando ansiedade, nervosismo e sei que posso explodir a qualquer momento.

Dormir bastante resolve, foi o que fiz o final de semana: hibernei. Ao menos assim me mantenho longe dos meus pensamentos.

Meu maior problema é pensar nos outros, eu tento de todas as formas não prejudicar ninguém, mas o que eu tenho que colocar na cabeça é que eu não posso mudar o mundo e muito menos acreditar que todas as pessoas tem carater e pensam assim como eu.

Tem gente que pensa só no seu umbiguinho, que não importa se está sendo uma pessoa correta ou justa, o que importa é não levar prejuizo, é se dar bem mesmo passando por cima dos outros.

Ainda bem que minhas férias estão chegando, por que eu ando a ponto de arrancar os olhos de meia duzia de gente que convive comigo.

O que aconteceu?

Mencionei anteriormente a minha troca de horário no trabalho, alem da pressao que existia em cima de mim, por que eles precisavam mais de mim no outro horario, a menina da tarde nao podia ficar sozinha, ela nao dava conta, eu troquei. O fato de eu estar um pouco cansada de acordar tao cedo nao foi o motivo principal da minha troca, troquei por que pensei em ser mais util, ajudar quem se dizia precisar tanto de mim.

E depois de uma semana, o que eles tramaram? Simplesmente, tudo pelas minhas costas, deram meu horario pra ela, e eu fiquei sabendo por outras, ainda nao fui comunicada oficialmente. É por que eu sou autosuficiente, eu me viro sozinha, eu dou conta do que precisa ser feito.

E ela?

Era uma pessoa em que eu gostava de conviver, nao sou tola em chama-la de amiga, mas era alguem que tinha uma certa cumplicidade profissional, alguem que sentava comigo no cafe e contava seus problemas. Sexta feira passada dei umas apertadas nela pra ela confessar o que andava sendo tramado nas minhas costas, e ela "jura" nao saber de nada, e diz que so faz o que mandam.

Errado. Ela tem personalidade, e quando é algo que nao a agrade, ela abre a boca sim, agora ela vai ficar quietinha, dando uma de João sem braço, por que é conveniente a ela.

Bem provavel que eu vá ter que engolir mais esse sapo, vou trabalhar mais ainda, me esforçar ainda mais ao ponto de ser indispensavel, por que eles vao me perder.

Por que eu nao faria pra ninguem o que eles querem fazer comigo.

4 comentários:

Rita Ribeiro disse...

Parabéns pelo blog.
Gostei!

Não vi tudo, mas com um tempo volto!
Bjs*

.:*Aline*:. disse...

Entendo vc demais, Luci. Uma sensação de ser apunhalada pelas costas. É horrível mesmo.
Mas tenha calma e não fique tão nervosa que só vai piorar a situação.
Tudo se resolverá.
Abraços

Pietro disse...

Ou todo mundo gosta muito da Lucí, que apóia essas "revoltas de adolescente" dela, ou ela anda dando uma de ditadora e deletando alguns comentários...

P.S.: Rita, volte sempre!

Lucí disse...

Tais doido agora Pietro, "revoltas de adolescente"? Mais essa?