quarta-feira, 17 de agosto de 2011

devaneios




Um dia ele me disse que dançaria uma noite toda comigo.
Que gostava da minha maquiagem borrada no final da noite.
E das minhas roupas caídas pelos cantos.

Nada importava.
O espelho trincado.
O perfume derramado.
E a cortina cor de vinho.
A cama desarrumada.

Tudo mudou.
Ele me disse que eu não era o que ele esperava.
Queria doce e não pimenta.
Brisa e não ventania.
Preferia a utopia a realidade

Ele se foi.
Levou o sonho.
E deixou sua fantasia de príncipe no meio das minhas roupas jogadas.

Isso não é a tradução da música da Pink, mas tem músicas que a gente ouve que nos permitem essa fantasia.
BOM DIA!

Nenhum comentário: