quarta-feira, 26 de novembro de 2014

E assim foi...

Uma verdade verdadeira e única. Eu não tenho paciência pra celular! Muito menos pra esse tal de "zapizapiii", mas ele tem me reservado algumas boas surpresas. Nem sei ao certo se deveria pensar assim, seriam agradaveis ou desagradaveis.
 
Em algum dia entre essa semana e semana passada. Estava eu no trabalho quando escuto um "toc toc" (sim o meu faz toc toc, tenho pavor do assobio), nem olheio achei que fosse alguma besteira das meninas do trabalho, na hora do café, fui dar uma olhada...
 
"E ae Lucí" (era um numero estranho, ja fui perguntando quem era...)
 
Pra minha surpresa era "gg" (apelido carinhoso dado por uma amiga e eu a sua pessoa, e ele nao sabe disso obviamente). Nao tive como nao perguntar a ele, como ele conseguiu meu numero...
 
"O japa me deu". (O que aquele filho de uma boa mae quis tentar fazer ao dar meu numero a outra pessoa...)
 
Ontem a noite, marido foi fazer hora extra (leia-se jogar futebol!), A Lígia dormindo... eu escuto o "toc toc". Era uma amiga...
 
"Ei.. adivinha quem voltou pra city?"
 
Pois é, ela veio me dar uma noticia, pois eu ja sabia em primeira mao, que "gg" voltou pra casa, que havia se separado da mulher e que com certeza estava atualizando suas referencias..rsrs. Ela sempre torceu pra essa história, que nunca chegou nem perto de uma tentativa, no fundo eu acho que existe um interesse grande da parte dela na pessoa dele, dei carta branca.. ela que va a luta.. ja esta pra titia mesmo, eu nao posso mesmo.

Um comentário:

Asas Negras disse...

"Nada consegue deter o seu significar."
Ficou com um duplo sentido e só notei quando li seu comentário. Poesias com vida própria ai ai. Algo como tudo perde o seu significado e nada consegue mudar o significado dela. rs. A mulheres que me inspiram a escrever. O interessante é que não preciso realmente sentir algo por elas.