quinta-feira, 15 de julho de 2010

minha relação com o mar.

Nasci em uma cidadezinha fria do RS. Pequena, mas era o meu mundo. Via o mar pela televisão e sabia que tinha um tio que morava onde tinha o mar.

Lembro de eu e meu primo brincando no chão, fingindo que "nadava no mar". Todo ano escutava do meu pai que iamos conhecer o mar. Eu só não sabia que meu pai era brigado com esse irmão que morava "onde tinha mar".

Os anos passaram, as brigas esquecidas. E em um verão, a familia foi para a praia. Eu tinha 7 anos. Lembro quando do carro avistei de longe o mar, aquele horizonte sem fim. A primeira vez que tomei banho de mar. E depois daquele ano, meu pai comprou um terreno ao lado da casa de praia do meu tio. E todos os anos, iamos passar as férias por lá. Como eu amava tudo aquilo.

Veio a adolescencia, e eu já não queria passar minhas ferias todas longe dos meus amigos, a graça nao era a mesma, e os tempos que passavamos lá foram diminuindo, até meu pai vender a nossa casa para o meu tio.

Quiz a ironia do destino, que eu viesse parar em outra praia. Não como aquela, cheia de casinhas pequenas, um mar limpo. Vim parar em uma cidade grande. É engraçado falar de mar e sonhos. Quando criança sonhava com algo que hoje tenho a menos de 20 minutos da minha casa.

Vejo o mar todos os dias, da janela de um ônibus. Quando vim morar aqui, ia com minhas amigas comer churros e olhar o mar, era inverno e sonhavamos com os dias de verão.

O verão chegou e o mar ficou pra traz, voltavamos para a nossa cidadezinhas sem ele.

Sempre sonhamos com aquilo que não temos e quando conseguimos o que sonhamos, tudo perde o sentido. Preciso de sonhos, mas não para conquista-los, apenas para ser sonhados.

2 comentários:

Ana Lu disse...

Eu não tenho noção de quando/como foi minha prima vez no mar. Apesar de ter nascido em Vitória, que não é nada mais nada menos que uma ilha, acho que posso contar nos dedos as vezes que fui na praia, hahaha. Isso porque minha mãe abomina areia, e sempre acostumou a gente a gostar mais de piscina, hahaha.
Eu até gosto de ir pra praia, mas quando volto pra casa me sentindo um croquete penso que a próxima visita ao mar pode ser pra dali uns 3 anos, hehe.
E me fez pensar essa última frase.. É realmente assim.
Bjoss

Jess Q. disse...

nossa isso me fez pensar...

eu amo o mar MTO!! adoraria morar perto dele!!