sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Novo Ano.

Mais um ano inicia.

É eu sou chata!

Estive doente, pra variar. Não é novidade para mim passar festas de final de ano doente. Afastei-me um pouco do blog por esses tempos, principalmente por que detesto ser estraga prazer, vendo todo mundo comemorar o que para mim não faz sentido algum.

Não é que não goste de Natal, Ano Novo e festas. Eu apenas considero tudo isso uma passagem de tempo normal, dias como outros dias quaisquer. Nada em especial.

Não prometi nada, então não devo nada a ninguém. Não pulei 7 ondas. Não comi lentilha. Não vesti branco. Não bebi cidra. Não comi uva. Não tomei banho de chuva.

O que eu fiz?

A meia noite de pijama olhei os fogos da sacada, longe da praia. Abracei meu marido e desejamos mais amor e compreensão um com o outro. Ele fumou um cigarro, tomou um copo de Coca e foi dormir e eu fiquei vendo TV. Dormimos e os dias continuam iguais.

Aprendi que não importa as promessas que eu faça, o que eu vista ou o que eu coma, naquele instante não tem importancia alguma, a meia noite não tem poder algum sobre minha vida. O tempo vai passar igual.. e todo dia é dia de um Novo Ano, por que eu tenho o "livre arbitrio". Eu posso decidir meu destino.

12 comentários:

Lucí disse...

Teste...

Acho que agora voltou ao normal. Obrigada aos emails que me avisaraão. Bjoss eu nao sabia que estava com problemas para comentar!

*Lusinha* disse...

Eu penso um pouco como você. Não acho que seja preciso a troca de um calendário para fazermos coisas que queremos e deveríamos estar fazendo para alcançar nossas metas.
Arrumou aqui? Que bom, agora posso comentar. ;)
Bjitos!

Cadinho RoCo disse...

Mas você tem razão. Tudo que acontece na passagem de um para outro ano é fruto da nossa criatividade. Só que quando acreditamos, damos força para o que queremos que aconteça, de fato aconteça. Não mais que isso. Espécie de exercício para fixar o pretendido em nosso íntimo. Só que, com o fluir da festa, isso também termina dispersado. E assim a vida continua tal como acontece com cada dia que passa por ela.
Cadinho RoCo

Carol disse...

Aê!! Eu não tava conseguindo comentar! Agora eu tô! Ebaaaa!!! =)
Mesmo que vc ache tudo banal...feliz ano novo! Tudo de bom nesse ano que se inicia!
Beeeeeeeeijos!

Izzie disse...

Ainda bem que consertasse esse coiisinha aqui heein.. tava ruim.. era problema de usuaria? rsrsrs

Bem, acho que aprendi que a cada dia é ano novo sim e com ele deve vir as renovações.. as mudanças começam dentro da gente.. e nós é que escolhemos o caminho que vamos seguir.. as consequencias são fatos.

É isso Lucí.. um novo dia, um novo, como todos os outros.. temos mais 363 dias novos pra fazer a diferença..

Beeijos ^^

Aline disse...

Realmente vc tá certa em dizer que cada dia é importante e que essas datas são apenas ritos comemorativos.
Tb não sou mto de comemorar, mas particularmente dessa vez empenhei esforços em fzr com que 2009 seja um ano supimpa pra mim!

Ah, mudei de blog, viu? Deixei o vestido estampado e virei orquifófila! rs...

Bjm

@line-;-- disse...

Ops, postei logada com a senha antiga! sorry...

é este o novo link.

Pelos caminhos da vida. disse...

Comi lentilha que a vizinha me deu(foi a melhor e a mais gosotosa que já comi),coloquei uma folha de louro na bolsa(para não faltar dinheiro)essa simpatia é muito boa.
Não fiz ceia como de sempre,passei a virada diferente de outros anos,comi pipoca na virada e sentada no sofá assistindo alguns fogos,coloquei uma peça de roupa verde(dica da amiga Nanda),foi uma virada bem diferente mesmo,gostei.

Feliz 2009 amiga.

bjs.

marcela disse...

Ueba! Que bom que já dá p/ comentar! Então... vc tem razão sabe? Quando eu era pequena eu achava que depois da meia noite tudo mudava imagina a frustração de ver tudo igual no dia seguinte. Hj eu entendo que o que vale são as mudanças que n´so fazemos em nós mesmos independente de datas comemorativas.
FELIZ 2009 p/ vc.
Beijos!

Nanda Assis disse...

muito realista. vivemos uma ilusão esta é a verdade.

bjosss...

Daah O. disse...

Estou contigo amiga.

Eu já desisti de comemorar, as uns 3 anos já.

Dora disse...

Lucizinha! Eu também dei um tempo lá... andava meio sem paciência nesse fim de ano. Todo ano sempre igual. Não gosto muito. Agora vou botar em dia. Mas confesso que me descobri mais esperançosa de mudanças... o ano de 2008 não foi fácil...mas enfim, é apenas um marco, uma data...
Um cheiro bem grande.
CR*