quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Certa ou errada?

Não sei se estou certa ou errada. Só sei que eu fiz e já não me arrependo.

Local: Minha casa. Moro de aluguel e o proprietário mora praticamente ao lado, a varanda deles, faz divisa com minha cozinha e simplesmente TUDO o que se fala ou o que se faz da para ouvir aqui de dentro! Detalhe eles não falam, eles gritam. Eles não conversam, eles gritam.

Acordei com a "conversa" deles. Até ai tudo bem. Estou acostumada com isso. Dali uns minutos a "vizinha" vai la e me "arregassa" o som! Eles somente ouvem música evangelica. Nada contra, porém é o volume!.

O que eu fiz?

Peguei meu som, que é de pequeno porte, coloquei na tomada mais próxima da varanda deles e levantei o volume ao máximo. Coloquei em uma rádio, que de tempos em tempos dá a hora, vim para o quarto e fechei a porta! E o rádio esta la falando sozinho. Ela abaixou o dela, com certeza se tocou! Mas vou deixa-lo la por mais um tempo, assim ela ve como é ruim ouvir radio dos outros por tabela.

Eu simplesmente DETESTO música alta, barulho, bagunça. Acho que música, se quer ouvir, ouve em um volume suficiente para VOCE ouvir, a rua nao precisa ouvir contigo.

Não acho correto o que eu fiz. Só que eu cansei de ser educada, de não reclamar, de respeitar, com quem não tem o minimo respeito comigo e com os outros!

21 comentários:

Juliana disse...

APOIADA Lucí!
Eu tambem detesto barulho, até mesmo de TV ligada alta, gosto do meu sussego de sempre, e se bobiar eu faria pior que você!

No prédio que eu morava, tinha um cara que TODO domingo por volta de 7 da matina ligava o som com o porta malas do carro dele aberto na garagem, e ficava lá ouvindo musica de corno até acordar todo mundo!
Por muito tempo eu aguentei, cheguei a pensar em chamar o disque silencio, mas foi quando me mudei que me vinguei do jeito que ele merecia, no dia da mudança, que era domingo, ele acordou e foi colocar o bendito som, peguei uma caixa de ovos, e não errei, foi só uma duzia, acho que ele merecia mais! Mas mesmo assim não me arrependo! rs

Pelos caminhos da vida. disse...

VC esta certa amiga,deixe o rádio la mais tempo assim ela(sua vizinha)vai aprender a ter semancol.

Ah...não achei o selinho!!

bjs.

Déia Arakaki disse...

kkkkkkkkkk Ai amadinha... eu entendo voce perfeitamente as vezes ate quero ter uma atitude arrojada assim como a sua kkkkk , mais minha mae me barra !!!aff..
Enfim respeito é bom...
E com certeza o meu respeito pelos outros ...
Termina quando o dos outros nao me respeitao..

Beijos amadinha

Viviane Moraes disse...

Oi Lucy.
Com o tempo vc vê os vídeos..hehe
Vc está mais do que certa, só assim esse povo se toca de abaixar o som.
Isso quando não chama a policia para acabar com a festa.rs
As vezes quando acontece comigo, é na base de policia, até eles não ajudam em nada.

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Oi Lucí
Estou aqui rindo... sabe, eu já fiz isso que vc fez!
Odeio música em volume alto!
Acho a maior sacanagem obrigar os outros a ouvirem a música que eu escolho!
Por isso apoio sua ação.
Se precisar de defesa, estamos aqui!
beijo

Nanda Assis disse...

eu ja fiz isso tbm, ninguem merece som alto de tabela. e olha que parece um carma viu. a minha vizinha fdp, aqui so ouve pagode parece que ela so tem tres cds, pq é so as mesmas musicas todo santo dia.
a nem so de falar eu fico extressada.

bjosss...

Diogo Caceres disse...

Ow Luci... ixi esse caso de musica alta é serio mesmo!!
Aqui tb tenho uns vizinhque adoravam colocar o som no ultimo... haja timpano...rsrsrsrs...
mas conversando eles entenderam e deram uma maneirada, graças a Deus!!
Ta certo que infelizmente bate uma aminesia de vez em qdo ( sabado a noite ainda por cima...rsrsrs...), mas logo se tocam e dão uma dimunuida...rsrsrsrs...
É faz parte da convivencia humana, tem jeito não...rsrsrs
Obrigado pelo carinho constante la no blog! Seu dia seja muito especial, abraço!!!!!

Vivian disse...

....ahhhhhhhhh
coitadinha da vizinha, owwwwwwww!!

cuidado que você quando morrer
vai arder no m[armore do inferno.

oww minina braba da mulésta, sô!!


kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Manuela disse...

Luuuuuuuuuuuu,

Que saudades desse lugar!!! rs

Sei bem como é vizinho pentelho encravado (chato).

Deixa o rádio tocando um pouco mais para encher o juízo dela. rsrs

E no mais, tudo certinho? Breve estarei de volta.

Bjo grande e fica bem.

*Lusinha* disse...

Não vou criticar Lu, porque é difícil se segurar quando a gente perde a paciência.
Mas acho que eu teria conversado primeiro antes de tomar essa atitude.
Bjitos!

Ana Lu disse...

Super apoiada! As vezes temos que parar de ser certinhas e tentar resolver tudo com palavras, e fazer doer neles tbm.
No interior, na casa da minha avó, tem sempre um infeliz, que para na rua, abre o porta-malas do carro, com aqueles alto-falantes, liga o som no volume máximo e deixa lá.
Peraí, "coméquié"? A rua inteira não merece ficar ouvindo as músicas que ele gosta, muito menos no volume que ele quer.
Tem gente que realmente n sabe viver em grupo
;P

Luciana disse...

É verdade Luci só ouvir já deixa a gente emocionada, e a música por si só já diz tudo, o sofrimento de um pai pela perda de um filho.

Grande beijo e fica com Deus.

Izzie disse...

Lucizilda =)

Quem sabe agora teus dias de sono vão se prolongar.. quem sabe reinará o silêncio absoluto dos vizinhos..

Opa.. sonhar nao custa nada né?! Ao menos ela vai aquietar por uns instantes.. rsrs

Beeeeeeijos =*

Carol disse...

Passando pra dizer que tô sumida mas tô viva! hehehehe
E que tu tem razão com essa estória aí do som alto! Mas que vizinha mais sem educação!
Bjins!!!
Saudade!

Luciana disse...

KKKKKKKKKKKKK
Figura rs
Ah!Obrigada pelo selinho,eu amo!

Bjos

marii . disse...

ola!
estava navegando na net e resolvi entrar no seu blog...
adoreii!!

eu acho que vc esta certa...
também colocaria o som bem alto para os meus vizinhos pararem de encher com suas músicas!

voltarei mais vezes.
beijo

Tata disse...

Oi,

Certíssima!!!!!!

Eu no seu lugar faria igualzinho!!!

Dale som neles!!!!KKKKK

bjinhos

SuNshyne disse...

Olha Luci , vc não tem que se fexar e deixar as pessoas aproveitarem da sua boa vontade.
Cada um respeito o outro e o espaço que tem .
Vc esta certissima e não errou!
Se apagar pra deixar o outro brilhar NUNCA !
Eu faria até pior!
Paciencia tem limite!

Ju Pietra disse...

OI Luci, desculpe o sumiço!!!
O problema do "Manual da boa educação" é que, enquanto seguimos o nosso à risca algumas pessoas esquecem de ler o seu...
Que ela até goste de expor a Deus e o mundo seu gosto musical, tudo bem, mas incomodar os outros de graça também não dá!
Beijoooo

D.Ramírez disse...

E fez certo. Eu reclamo, ja fiz isso uma vez de por as cxs de som na janela alta e ai de quem fosse reclamar..
Tem hora que não tem outra saida doque fazer o mesmo, por a pessoa no seu lugar.
Adorei oque vc fez. Alias, o brasileiro nao tem muito costume de reclamar, não reclamam em nada, seja em filas quilometricas em supermercado com poucos cxs abertos ou em transito. Mas nao reclamar com a pessoa do lado, mas com os responsaveis, prefeitos e tal.
Ai iamos ver se mudavam..a mudam sim..so nao fazem pq ninguem reclama.
Gostei!

Besos

Dora disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... fiquei imaginando aqui a Lucizinha toda malcriada fazendo isso...
Vou te confessar que isso já aconteceu comigo igualzinho e já antecipo que não é bonito mesmo isso que a gente fez, mas que chega uma hora que a paciência acaba, chega sim. ELe -o meu vizinho- escutava som altíssimamente alto todos os domingos a partir das 6:00h da manhã... e aquilo foi tirando minha paciência, até que um dia eu fiz isso igualzinho, sendo que vingança é um prato que se come frio, então fiz à noite (eu sabia que ele dormia cedíssimo) e na semana seguinte ele estava bem mais controlado em relação ao volume do som da vitrolinha dele... rs rs rs
Mas não faça disso um hábito, Lucizinha, porque isso não é coisa de criança boa fazer... rs rs rs
Um cheiro bem grande.