sábado, 3 de janeiro de 2009

5 em 5

"Sou teu ego, tua alma
Sou teu céu, o teu inferno a tua calma
Eu sou teu tudo, sou teu nada
Minha pequena, és minha amada
Eu sou o teu mundo, sou teu poder
Sou tua vida, sou meu eu em você"

Victor & Léo - Meu eu em você

Uma tristeza paira nos meus últimos dias, não é infelicidade. É tristeza mesmo. Origem? Não sei e sei. Sei e não quero dar espaço para essa tristeza aumentar, então finjo que não sei.

A solidão não é mais opcional, é estar sozinha mesmo acompanhada. É implorar por atenção. É rastejar por carinho. É querer voltar no tempo. É entender que não da mais para insistir. Entender que 5 anos não são 5 dias.

Olhando a minha volta, minha vida, vejo-me igual minha mãe. Com a diferença que não tenho filhos e meu marido não tem amantes. A mesma vida, mesma rotina. Tudo aquilo que um dia me fez abominar um casamento está a minha volta. Estou triste por que eu sei como terminam histórias assim.

9 comentários:

Nanda Assis disse...

As vezes no sentimos assim, e a unica forma disso passar e descobrir o que ta faltando em sua vida.

bjosss...

Dora disse...

Ainda bem que Lucizinha apareceu! MEnina, aqui não dava paRA comentar nada! A janela não abria nuncaaaa!!!
Não fica assim, Lucizinha. Talvez o segredo não seja fugir da rotina, mas torná-la interessante. Além do mais em geral, só temos idéia de certas alegrias do dia-a-dia depois de muito tempo. Depois que o tempo passa, a gente compreende melhor certas coisas.
Um cheiro bem grande e um 2009 lindo pra você, Lucizinha-mais-querida-do-que-todas-as-lucizinhas-do-mundo!

Izzie disse...

Se sou Izzidora serás Lucívone.. hahaha..

Espero que nossa tristeza passe logo e que essas histórias possam ter finais se não felizes, menos dolorosos,e sem tristezas..

Bom fds.. beeeijos

Juliana Lira disse...

Lu

Enquanto há amor, há esperança~, lute, grite ame!
Tenho certeza que aquele brilho pode voltar.
Você merece ser muito feliz

Feliz 2009

FRAN "O Samurai" disse...

Oi querida!

Sinto suas palavras e entendo o que queres dizer. A gente sonha com um relacionamento que seja duradouro e que mantenha aquela paixão e atenção dos tempos de namoro. Esse é o sonho de todo casal.

A rotina do passar dos tempos é dura, pois ela carrega com ela a falta de atenção no relacionamento, o silêncio na mesa, o carinho vai sumindo aos poucos e dando lugar apenas a atração carnal na cama. Básico, a vida fica básica e monótona. O brilho se vai, a alegria começa a ficar rara e dá lugar a solidão em uma prisão a dois.

Não deixe que isso aconteça. Um diálogo reto e aberto talvez seja a saída. Converse, abra-se, fale o que quer antes que tudo isso desmorone.

A vida é feita de atitudes...

Seja forte! E se precisar de alguém para desabafar, conte comigo.

Beijos.

Voltei a minha rotina e de blog novo! Gostaria que visita-se.

temploblogueirospensantes.blogspot.com/

Menina Magrelinha disse...

Acho q nem todas as histórias terminam igual. Posso estar errada, mas acho q temos o poder de mudar, pelo menos, a nossa história.

Tbém não vejo nada de especial na passagem do ano, uma data como outra qq. E as promessas, acho q não precisamos de uma meia noite num dia 31 pra querer mudar alguma coisa q começar a correr atras disso.

Q em 2009 vc conquiste mtas coisas boas!
beijoss

*** Cris *** disse...

Ei amiga,às vezes tb me sinto assim...às vezes acho que nem meu coração tem a resposta que eu queria ter. Bem,não deixe que essa tristeza tire seu brilho,tá?

Amiga tem um meme pra vc lá no meu blog,tá?

Bjs!

Pelos caminhos da vida. disse...

Eu ando me sentindo assim tb amiga,tou achando que isso é mal de aquariano.

Segunda-feira iluminada amiga.

beijoo.

*Lusinha* disse...

Ai Lu, deu um aperto no peito de ler isso aqui...
Como dizem, se conselho fosse bom a gente vendia, né? Mas o que posso dizer é para você avaliar tudo muito bem, com calma, paciência e amor para depois tomar uma decisão, se for o caso.
Bjitos!