sábado, 28 de janeiro de 2017

...

É mais interessante assim, quando a gente se perde em silencios sem a minima vontade de se explicar ao mundo. Uma forma de se tornar invisivel, de remoer os proprios problemas, as proprias dores e ir por ai vivendo. Estou a me reerguer novamente, de uma daquelas quedas feias que eu dou na vida, de quando a vida perde a cor e as coisas perdem a importancia, é assim mesmo. E assim vou vivendo...


[mais um texto que estava nos meus rascunhos no dia 30/07/16... não lembro o porque eu escrevi, não lembro a motivação...pelo jeito o ensaio pra sair do buraco não deu muito certo]

Um comentário: