quinta-feira, 31 de maio de 2012

...

Quando mais nova e ouvia alguém falar "no meu tempo não era assim!' eu achava que isso era coisa de velho. Fato! Bom hoje eu mesma uso esse tipo de expressão e entendo muito bem a indignição dos mais vividos do que eu. É que realmente tudo evolui, o porém é que eu também acredito que algumas coisas para pior.

Conheci essa semana a escola em que vou fazer meu estágio da faculdade, é uma escola estadual, quando entrei era hora do intervalo, era um silêncio, eu esperava mais barulho, tudo meio morbido, jovens magrelos, de roupas justas, brancos, tudo um padrão, como se fossem fotocopias, casais se agarrando na escada com moletons por cima para disfarçar, como se ninguém soubesse o que acontecia por tras de tudo aquilo. Nao gostei do ambiente. A escola em que trabalho acredito que é mais feliz, os adolescentes parecem um pouco mais com a minha adolescencia.

E não falo sem conhecimento de causa, nao fui uma das meninas dos cantos, alienada, todos os meus anos, eu fui lider de classe e durante o meu ensino médio participei ativamento do gremio estudantil da escola, que nunca conseguiu nada por que uma andorinha só não faz verão e também minha geração lá tinha seus problemas.

Não tenho medo, mas sei por antemão que vou pegar uma classe com alunos que nem saber ler sabem e com variações absurdas de idade. Fico preocupada com essa geração, mas cada um faz sua história.

Nenhum comentário: