quinta-feira, 12 de maio de 2011

A saga da primeira carteira.

Enfim tomei coragem e vou tirar a carteira de motorista, não é tanta coragem assim, pois optei só pela moto, já que meu relacionamento com as 4 rodas não é estável e dignos de tentativas.

E o tal dos exames?

Eu nunca levei muito a sério eles, principalmente o tal do psicotecnico e duvidava que alguém fosse reprovado, até presenciar realmente as pessoas que vão fazer o exame.

Eramos em 4. Como eu tenho um chama louco, sentada na sala, uma senhorinha já senta do meu lado e puxa conversa, eu toda gentil e educada dei trela, por que segundo ela estava nervosa e precisava falar. Na minha frente tinha uma outra mulher, devia ter a mesma idade que eu, mas parecia um machinho, eu sei que eu fiquei uns 10 min só analisando ela e pensando o que leva uma mulher a querer ser homem, sim.. por que ela não queria ser mulher, não era pela roupa, era pela forma de sentar, olhei para as unhas, tudo roida, aqueles tenis masculino, eu não sou nenhum exemplo de vaidade feminina, mas to longe de ser confundida com machinho. Essa ai nem olhou pra minha cara, deve ter me achado uma Lessy. Tinha também um cara que ficou esperando na rua, esse ai deu problema.

Entrando na sala pro exame, a tiazinha queria por que queria sentar atras de mim, na cabeça dela queria me colar. A psicologa uma grossa. Explicou uma, eu entendi, explicou duas a "machinho" entendeu, e explicou mais umas 5 e ainda teve que ajudar a tiazinha e o carinha que logo percebi que ele só podia ter um problema, ele era muito fora da casinha, não entendia e ela teve que ajuda-lo.

Em um deles, eu me obriguei a mentir "Você já teve vontade de matar alguém?" *Mais do que normal/Como sempre/Nunca.. e etc... Como é que eu ia colocar a opção, mais do que o normal, sim eu tenho vontade de matar uma pessoa todos os dias! Menti o que eu achava necessário pra ela não me achar louca, mas o que eu achava insignificante coloquei a verdade e pensei que ela nem ia olhar pra aquilo direito, quando eu entrego, ela me olha e diz, pelo que vejo aqui você está com problemas no teu sono, então me justifica atras o que anda acontecendo.

Ué.. eu tive que escrever a verdade, que eu acordo muito cedo, durmo muito cedo, tenho sono leve e etc...Tirando essa parte que eu me senti anormal, nos de atenção e racíocinio me sai muito bem, mesmo ela nao deixando terminar eu sai acima da média, sai de lá me achando até...

até ir pro exame de visão. Pensei, pensei .. se eu ia ou não contar pro oftalmo que eu uso lente de contato, que eu tenho alta míopia e ceretacone, resolvi nao falar nada, se ele nao percebesse, pq eu ia falar? E o tipinho nao viu nada! Passei com visão normal. Pode?

Ele mesmo aplicou um de força, nesse ele me fez apertar umas 3 vezes e pelo jeito nao ficou contente, mas me aprovou, o fato é que eu sei e nao precisava ele fazer exame algum era só me perguntar, eu nao tenho força, nao tenho vergonha de assumir que sou fracota, e ainda abusada, que não precisa muito pra aceitar que qualquer pessoa carregue uma sacola pra mim.

E saí de lá, atrasada pro trabalho, perdi onibus, fiquei mais de 1 hora na parada, ao menos eu sei que agora essa é uma situação passageira, a moto eu já tenho, agora falta pouco pra carteira.

Nenhum comentário: