sábado, 15 de janeiro de 2011

Enfim tempo!

"Não nós nunca vamos sobreviver, a menos que...
Sejamos um pouco...
Loucos..."
Alanis Morissette - Crazy

*
Se eu pudesse resumir minha semana em uma palavra, essa palavra seria "exaustão", mas se eu pudesse resumir em duas, então eu adicionaria "INDIGNAÇÃO", e não é por causa dessa rima pobre.

E tudo isso explica a minha ausencia aqui do blog, não sumi, não desisti, apenas não tive tempo,  e o Sr. Pietro aproveitou pra fazer disso aqui um setor de "recados do coração", como aquelas sessões de radio brega do interior, só faltou como fundo musical Celine Dion.

Essa semana eu tive 2 empregos, meu intervalo de almoço era dentro do ônibus e como mais cedo ou mais tarde eu vou ter que optar por um deles, então que isso aconteça o quanto antes, porque conciliar os dois não vai rolar.

Vou sair do meu atual/antigo emprego, que era na escola e vou pra concorrência, eu gosto do lugar, gosto de 99,999% das pessoas que trabalham lá, mas eu não trabalho de graça! Já é metade do mes e eu AINDA não recebi, e o pior não é não receber, por que não dependo desse dinheiro pra viver, o pior é o respeito ou melhor a falta de respeito dos proprietarios da escola, que não custava dar uma explicação ou algo do genero, conversando tudo se arruma, mas eles preferem manter a pose de soberanos.

Então vou sair, quer dizer, quando receber eu vou sair. E tem outros detalhes como: nao poder comer, me darem responsabilidades extras, nao assinarem a carteira, coisas que me deixam bem insatisfeitas, e na concorrencia vou ganhar o dobro, por mais duas horas trabalhadas, e ainda posso comer!

Sim, por que se tem uma coisa que me deixa de mau humor, alemmmm do sono, é a fome quando bate! Ano passado ainda aguentei, por que estava recomeçando e só eu sei o que eu suportei, agora as coisas são diferente, eu estou no mercado e posso escolher.

Se continuar nessa loucura, eu nao vou ter tempo pra nada, eu peguei um livro na biblioteca, que geralmente eu leria em menos de uma semana, o dia dele está vencendo e eu nao sai do segundo capitulo e o livro é bom. Imagina quando recomeçar a faculdade, eu mal vou ter tempo de ler as apostilas. Estou com um artigo pra fazer nas ferias, e eu ainda nao fiz! Nao adianta insistir, eu nao preciso de tanto, eu ja provei pra mim mesma que eu suportaria, mas eu nao quero perder os pequenos prazeres que eu ainda tenho como a leitura e escrever, por falta de tempo e saber que eu dou lucro a uma empresa que nao respeita os funcionarios.

Eu gosto de ter opções, mas nao gosto de fazer escolhas e isso está me deixando ainda mais cansada.

"eu cortejo a insanidade todos os dias..."

3 comentários:

Paulo Rideaki disse...

Luci a melhor coisa do mundo é ter opções na vida, mas a pior coisa na minha opinião é ter que optar por algo, tipo dá uma insegurança!
Mas no fim das contas percebo em você uma pessoa esforçada e batalhadora e principalmente recheada de bom senso!
E tenho certeza que no fim desta história você optará pela melhor escolha.
Infelismente vivemos numa sociedade onde a filosofia é cada um pra sí e deus para todos, e ninguém está se importando com os sentimentos dos outros.
E o pior de toda essas indiferenças, é a falta de respeito e total ausencia de consideração!
Tenho minhas convicções de que fará a coisa certa baseio nas relevâncias dos teus comentários, pois elas revelam uma pessoa de bem com a vida e caracteristica de pessoas que sabem o que querem da vida!
Agradeço pela tua iluminada presença no meu espaço virtural e os teus comentários relevantes!

Ana Lu disse...

Ai Luci, concordo tanto com essa frase... Sempre queremos ter opção, mas nunca queremos aguentar o fardo de escolher. Eu detesto! Mas tenho certeza que você conseguirá escolher a melhor, boa sorte!
Beijos

Marcia Almeida disse...

Luci,

Não aceite mesmo. O desgaste emocional e financeiro não vale a pena. Coloque um pensamento bem básico na sua mente: pior não pode ficar e deixe as coisas boas acontecerem.

Bjs e cuide-se
Marcia