domingo, 25 de março de 2012

tanto faz, tanto fez...

Olha, a gente sabe a hora de quando uma coisa termina, quando se encerra um ciclo, por mais que a gente se iluda e fique tentando, tem uma hora que a gente sabe que é o fim, é quando a gente joga a toalha e desiste. Desiste de continuar tentando.

Sou persistente e sei o quanto eu tentei, mas tantei sei que não tenho mais vontade de tentar, estou mais uma vez machucada demais, infeliz demais e sei que devo seguir meu caminho. Dói constatar que chegou ao fim, um final que eu não quis e que eu lutei bravamente para não acontecer, assim como tantas outras vezes.

Tudo é uma questão de decisão, eu decidi por mim. Não sou mais criança, ainda alimento sonhos e que me vejo bem distante deles, só preciso seguir meu caminho e recomeçar, não tenho medo do novo, apenas de fazer escolhas erradas novamente, já que minha vida é uma sucessão de coisas erradas que eu transformei em coisas certas, por que eu quis que fosse certo, quem faz tudo dar certo é a nossa vontade de dar certo.

É nessas horas que eu sinto falta de ter uma família ou ter alguém, mas eu já acostumei, que nas piores horas eu vou curtir minha dor com a solidão. A magoa ainda existe e por mais que eu tente esquecer não consigo, ela sempre vem me assombrar, então não vale mais a pena, a ferida nunca mais vai cicatrizar.

Ainda hoje eu li em algum lugar, que para se conseguir o que se deseja, tudo começa com o primeiro passo e que temos que descobrir qual é esse primeiro passo, eu sei, já descobri, só me falta vergonha na cara, e é isso que eu to procurando, onde está minha auto estima? Estou fraca demais pra dar esse primeiro passo hoje, mas ele está guardado e bem guardado na minha cabeça e nas minhas lágrimas, amanhã é outro dia.

Eu sempre renasço, não é uma coisa dessas que vai me derrubar, só preciso descansar.

"Eu sou mais forte do que tudo isso..."

Nenhum comentário: