quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Wando

Passei o dia todo fora ontem, sem acesso a internet, sem tv, fazendo um curso no meio de um monte de gente estranha, totalmente isolada. Quando cheguei em casa e liguei o computador, a primeira noticia a de capa, informava a morte do cantor Wando.

A gente acaba levando um choque, como se pessoas famosas nunca podem morrer. Foi inevitável lembrar que Wando fez parte da minha infância por um tempo, foi o auge da carreira dele, hoje sou sincera em dizer que não escuto mais, mas toda vez que escuto fico meio nostalgica.

Meu pai tinha um rádio relógio em sua cabeceira, ele fez uma gambiarra e puxou uns fios e ele acoplou um caixinha de som que ficava em cima do guarda-roupa. Ele dormia ouvindo rádio, eu devia ter uns 5 anos e dormia em um berço nesse mesmo quarto com eles, é eu tinha medo do escuro, quer dizer de ficar sozinha no escuro e por isso dormia ali ao som de Wando, Amado Batista entre outros. Dói lembrar, pq esses tempos não voltam mais...

Bom, as crianças de hoje cantam Michel Teló...com o ai se eu te pego.. eu cantava Wando.

"Você é luz, raio estrela e luar...manhã de sol...meu iaia meio ioio..."

Um comentário:

.:*Aline*:. disse...

Mas afinal de contas, o q ele queria dizer com "meu iaia meio ioio"... eu tbm escutei muito essa música qndo criança.. boas lembranças!!! =)