segunda-feira, 25 de julho de 2011

Hoje em dia

Passei por um período de "desintoxicação virtual" e agora posso dizer que eu estou "limpa". Foi apenas uma necessidade, de estar longe, de sumir e viver mais intensamente o real.

"Eu estava andando por aí, apenas mais um rosto na multidão
Tentando me esconder da chuva"


Andava a me culpar pelas horas inúteis que passava na internet, todo mundo sabe como é, olha aqui, clica lá, volta e vai e as horas vão passando, mas assim como senti a necessidade de me ausentar, também sinto que preciso escrever.

"Tem um homem na esquina, cantando canções antigas sobre mudanças"

Não me iludi, achando que me ausentando de tudo e de todos, ia usar as horas de descanço de forma mais "útil", mas descansei mais, dormi mais, li mais e todo o tempo que gastei, gastei comigo.

"Todo mundo tem sua cruz para carregar, hoje em dia"

A vida anda na mesma, e ainda bem que anda na mesma. Intensa. Cansativa. Estressante. Dias e noites curtas.

Aconteceram coisas ruins que me fizeram repensar a pessoa que eu sou e pensando cheguei a conclusão que o mundo deve me aceitar da forma como sou, mas que devo ser mais flexivel.

Aconteceram coisas boas, como já consegui passar na prova prática da CNH e comemorar intensamente por mais essa conquista. Conhecer pessoas bacanas e crer que ainda existem pessoas que valem o tempo que a gente perde com elas, por que o tempo deixa de ser inútil e passa  ser útil.

"Ela surgiu buscando abrigo com uma mala cheia de sonhos"

Acredito que de tudo de ruim que acontece na vida da gente, nada nos adianta, se não tirarmos algum aprendizado, se não nos permitir reflexões. Nem sempre é nossa culpa e nem sempre tem culpados, mas tem que acha sempre alguém para por a culpa.

Lá no fundo, por mais que tente lutar contra, ainda sou a "guria" que sai do interior pra tentar a sorte em outro estado, uma mala apenas cheia de sonhos. Não me cobro por sonhos que não conquistei, por que a maioria dos meus sonhos foram moldando-se a minha realidade, nem todos eu conquistei, mas conquistei alguns impenssaveis para mim e que nao vivo sem essas conquistas hoje.

"Não há mais nada no que se apoiar hoje em dia"

Se eu pudesse resumir em uma palavra tudo que está a minha volta, seria "desconfiança". Não confio em ninguém, não é paranoia, mas em que eu não confio é por que tenho motivos para não confiar.

Aguardarei por dias melhores.

"Hoje em dia - as estrelas parecem estar fora do alcance
Hoje em dia - não há uma escada nestas ruas
Hoje em dia - tudo é rápido, o amor não dura
Não há tempo a perder
Não sobrou ninguém para tomar a culpa
E não sobrou mais ninguém, mas apenas nós hoje em dia"
 
♪♪♪
 
*Frases retiradas da tradução da música These days - Bon Jovi

Um comentário:

Nanda Assis disse...

realmente, nada substitui a realidade.

bjos...