sábado, 12 de fevereiro de 2011

Viver...

Não gosto de colocar aqui textos de outra autoria, impessoais e sempre digo que não gosto de poesias, mas na verdade eu não gosto das subjetividades, só das minhas.

Quebro minhas regras ao colocar aqui a um poema (poesia?texto?) que recebi em uma reunião de trabalho, foram coisas que tocaram fundo que me emocionei, talvez a voz de quem lia e o que aquele momento significava pra mim: superação e supremacia, saber de onde eu vim e até onde eu cheguei, milhares de coisas passaram na minha cabeça, cenas, lembranças e a certeza de que eu consigo tudo o que eu quero, nem sempre quando eu quero, o tempo tem seus caprichos.

Espero que tenha algum significado pra quem ler também e que cause as mesmas sensações causadas em mim.

VIVER

Impossível atravessar a vida...
Sem que um trabalho saia mal feito,
Sem que uma amizade cause decepção,
Sem padecer com alguma doença,
Sem que um amor nos abandone,
Sem que ninguém da família morra,
Sem que a gente se engane em um negócio.

Esse é o custo de viver.
O importante não é o que acontece,
Mas, como você reage.

Você cresce quando não perde a esperança, nem diminui a vontade, nem perde a fé.
Quando aceita a realidade e tem orgulho de vivê-la.
Quando aceita seu destino, mas tem garra para mudá-lo.
Quando aceita o que deixa para trás, construindo o que tem pela frente e planejando o que está por vir.
Cresce quando supera, se valoriza e sabe dar frutos.
Cresce quando abre caminho,
Assimila experiências...
E semeia raízes...

Cresce quando se impõe metas,
Sem se importar com comentários.

Cresce quando é forte de caráter,
Sustentado por sua formação,
Sensível por temperamento...
E humano por nascimento!

Cresce ajudando a seus semelhantes,
Conhecendo a si mesmo e
Dando à vida mais do que recebe.

E assim se cresce...

(Susana Carizza)

Um bom final de semana a todos!

4 comentários:

Pietro disse...

Cadê o autor, Lucí?!?!

Nade disse...

Lindoooo mesmo!!!
Estou voltando, depois de uma boa temporada fora da blogosfera. Estava com saudade de tudo aqui!
Um excelente domingo pra você, viu!
Bjs

Nade
(Conheça meu novo blog, o Diário de Bordo)

Pai do Coração disse...

Vou te visitar tb...eu enrolado no trabalho...um tempo sem escrever...beijos

Dora disse...

É, Lucizinha. A vida é moldada por nossas reações. Depende delas como vamos construir a nova etapa, depois da perda, da decepção. Mas que é bem difícil, é.
Um cheiro bem grande.