quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

uma dentro...

...depois de muitas fora.

Eis que Saponildo acerta uma!

Na saída do supermercado, no caixa, depois de pagar as contas.

A moça do caixa:
-Algo mais?

Saponildo se dirige a minha pessoa:
-Tu quer mais alguma coisa?

Eu:
-Não!

Ele:
-..nem um docinho? (com direito a biquinho e tudo!)

Naquele momento vi olhos brilhando da mulherada em volta, a caixa deu um sorrisinho toda contentinha, a outra mulher que ouviu, fez aquela cara de "ai que fofo". Elas me olhavam e vi nos olhares um companheirismo de admiração!

Ele nem percebeu que sua atitude parou o universo feminino e eu sai toda-toda! Nem comentei com ele sobre isso, até por que eu tenho certeza que ele fez sem perceber, quer dizer, fez sem perceber que outras pessoas estavam ouvindo nossa conversa, por que sempre que vamos em supermercado, padaria, ele sempre fica o tempo todo perguntando o que eu quero, chega a ser irritante..

Eu sempre digo que bem la no fundinho das ogrices dele, tem um sapo encantado!

3 comentários:

Ih....fud disse...

Curiosidade .... O Saponildo lê o que vc escreve aqui ???
Tadinho dele ..kkkk

Pattr!cia disse...

Suspiros...
Um dia estava vendo uma apresentação da esquadrilha da fumaça e eles fizeram um coração no ar.
O Rapaz ao lado que tinha acabado de chegar com a esposa/namorada virou pra ela e disse:

- Viu, chegamos na hora da surpresa para você.

E suspirei...

Marcia Almeida disse...

Haha, existe um príncipe oculto em todo saponildo! Enche ele de beijo Luci!

Bjs
Marcia