terça-feira, 23 de setembro de 2008

Piriquito Parte II

Pois é.

Por onde começar o relato?

Bom, primeiro se surtiu algum tipo de curiosidade em você que le, aconselho a ler o penúltimo post: O Piriquito.

É ai que começa a história.

De quem foi a culpa?

Eu achava que Cascão era inocente.

Era.

Descobri que ele teve sua parcela de culpa.

Eles largaram o Piriquito morto em algum canto. Cascão achou. Cascão trouxe para baixo de minha cama.

Descobri isso domingo a noite. E felizmente ele não matou... mas ficou a ocultar o corpo. Então ele é no mínimo cúmplice do culpado.

Ocultação de cadaver também é crime.

*Minha conexão de primeiro mundo não está permitindo-me a visitas e postagens regulares, mas eu espero que isso logo se resolva*

8 comentários:

Carol disse...

Tem selinho pra ti lá no meu Blog!
;**

Maria Fernanda disse...

Aah,
sabia que o Cascão tinha sua parcela de culpa,
sabia!

- qual a sensação de encontrar um periquito morto embaixo da cama?

Youko Watanabe disse...

Ahá!

Eu fui a primeira a saber... rsrsrsrs

mas coitado do Cascão gente.. o que ele ia fazer?! viu um piriquito morto dando sopa.. vai passar longe?
nem eu, se fosse um gato rsrsrs


beijos Lula, vc anda caindo demais nessa conexão aí...

Sabrina Mix disse...

Eca!

E se o periquito estivesse envenenado? Aí você poderia acusá-los de terem matado o seu gato?

Beijos e sucesso!!!

*** Cris *** disse...

Hum... que coisa,heim? Como vc se sente?
Um abraço!

Nanda Assis disse...

kkkk, desculpa, mas achei engraçado esta história toda. to doida pra saber como termina.

bjosss...

Jardineiro de Plantão disse...

KKKKK.... Esse cascão a sabe toda...KKKK

Abraços

pirajussaralondon disse...

Esse é o Cascão, quem diria cúmplice !! HAHAHAHA