quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Planejar e agir

Janeiro serviu para repensar muita coisa na minha vida e remoer o ano passado que me deixou com a sensação de ter falhado, porém algumas coisas que ocorreram foram inevitáveis e outras eu deixei o barco ser levado pela maré.

E são nessas coisas que podem ser evitadas que tenho trabalhado. Eu acreditava ter falhado em algumas situações por que não me organizei devidamente, então iniciei o ano cheia de planos e com uma lista bem básica para cumprir o mínimo nas férias. Terminei o mesmo com saldo positivo, porem outras questões foram levantadas para minha auto reflexão...

Em plena era digital, será mesmo que eu preciso de folhas e mais folhas e mais folhas, agendas, planner e bla blas? Cheguei a conclusão que não. Nada do que eu faça bonitinho no papel vai ter validade se eu não colocar o corpo pra agir! Não adianta eu planejar todas as minhas refeições lindamente se eu não tomar a coragem encarar o supermercado, fogão e ainda me resta a louça suja depois.

Nada me resolve eu estipular que eu vou ler no mínimo 12 livros esse ano, se eu não tirar um tempo para ler por dia.. senão eu vou chegar final de ano sem leitura básica.

É o que eu preciso, mais ação.. sim planejar faz parte, como eu farei isso é o de menos, mas o importante que a lista do mês de janeiro foi quase toda concluída com êxito, por que eu não abandonei ela as traças, eu precisei de pequenas ações para executar.

Agora é iniciar fevereiro em busca do método perfeito, descarto a ideia de que papel seja a solução dos meus problemas!

Nenhum comentário: