sexta-feira, 14 de março de 2014

Uma nuvem...

Frágil.

A vida é assim, já devia ter me acostumado.
Provoca-me sempre.
Minhas forças sempre a prova.
Chão que se abre.
Abismo.

Um dia melhora.
Um dia.
Rasteira da vida.

Alguns dias mais faceis.
Outros nem tanto.

Uma gargalhada.
Meu porto seguro que me faz forte.

Eu também canso, eu também fraquejo.
Caio. Caio. Caio...

... e mais uma vez levanto!

3 comentários:

Dora Casado disse...

Lucizinha! Saudades! Eu também tenho tido dificuldades em atualizar o blog, mas não tenho coragem de deletar. Criei um perfil no Tumblr, é mais conciso, mais fácil de levar, eu achei. De vez em quando posto umas maluquices lá, mas o blogger é um vício do qual não consigo me libertar...rs Um cheiro bem grande!

Nanda Assis disse...

estava com saudades de vir aqui. ta tão lindo e leve.

bjos..

António Jesus Batalha disse...

Estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes,mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu. Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário. Abraço fraterno.António.