sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Entre sorrisos e laços...

Nossa! Como faz tempo que não passo por aqui. A vida está corrida, me falta tempo e o "tempo" que tenho é insuficiente para mim. Estou em um estado de exaustão, muito trabalho, muito curso, nas vésperas de minhas mini-férias atrasada!

Passei por muita coisa, muita preocupação. Noites sem dormir, uma médica louca que afirmou com todas as letras que com meu histórico médico, eu jamais poderia ter ficado grávida, que arrancou de mim meu chão, mas como em tantas outras vezes na minha vida, quando uma porta se fechou, abriram-se várias outras. E uma outra médica, me acolheu e me amparou e disse que no final tudo vai acabar e que ela não tinha o direito de dizer tais coisas pra mim.

Bom, um acompanhamento nutricional rigoroso e todas as coisas que eu mais gostava foram deixadas de lado, de inicio uma tristeza profunda e não posso dizer que estava feliz com toda a situação e que via beleza em tudo, mas já me adaptei a essa rotina. E agora no meu 5º mes e tudo se encaminhando muito bem, posso respirar com alivio.. Minha pressão se estabilizou, sem remédios, mas é um cuidado diario.

Não deixei de fazer nada do que fazia, e nao usei a gravidez como desculpa para trabalhar menos, deixar de estudar, senti a necessidade de abraçar o mundo e posso dizer que estou conseguindo.

Passei a curtir a gravidez no instante em que fiz a primeira ultrassom, em que pude ver aquele ser minusculo que ja tinha os dedinhos pequenos se incomodando com as cutucadas do médico, o que antes não parecia real se concretizava na frente dos meus olhos. Chorei quando ouvi as batidas daquele coraçãozinho.

Sorri quando o médico perguntou:

"-Vocês querem saber o que é?"

E isso nem de perto passava pela minha cabeça, que com tão pouco tempo eu saberia... e ansiosa perguntei se era um palpite e ele me deu a certeza...

"-É uma mocinha, bem preguiçosa!".

A nossa pequena que já tinha e tem seu nome escolhido, faz parte dos nossos dias, na hora das refeições, dos passeios, no trabalho, no carinho que todo mundo tem por ela antes mesmo dela conhecer esse mundo aqui fora, quando ela se agita quando escuta a voz do pai, como Cascão procura a minha barriga para dormir por perto. É entre sorrisos e laços que ando levando a minha vida corrida... talvez uma aquariana, talvez uma piscina, o seu signo ainda incerto, mas muito amada e agora desejada e com uma mãe guerreira que mais uma vez luta pela sua própria vida e pela vida dela também.

2 comentários:

Ana Luísa disse...

Que delícia, Lucí! Estou curiosa pra saber o nome!! Torço muito por vocês, sempre! Que Deus ilumine muito essa gestação, e que a princesinha nasça cheia de saúde, e você também!
Beijos!

Youko Watanabe disse...

Ahhhhh, uma menininhaaa! Que Deus abençoe sua família Lucí! Parabéns.. o tempo passou rápido msm, ja está de barriguinha?? Beijos