terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Vizinho...

Dessa vez o problema não é a música alta, nem outros barulhos.
Lá vem a Lucí reclamando da vizinhança.

É o seguinte. Moro de aluguel (ponto).
O proprietário da casa mora aos fundos, na rua atras da minha casa (ponto)
Toda vizinhança sabe que moramos de aluguel (ponto).
O proprietário há alguns dias veio levantar um muro para uma altura maior. (ponto)
A minha casa na frente tem apenas grades. (ponto).


Ei ....onde entra o vizinho?

Ontem o proprietário da casa, veio trazer a conta de luz pra Sir. Saponildo e nos contou essa pérola.

Diz que quando ele estava fazendo a "ampliação" do muro. O vizinho veio até ele e sugeriu que ele tirasse nossas grades e levantasse um muro bem alto na frente.

Sabem por que?

Por que ele não tinha privacidade pra tomar a cerveja dele na varanda!

Nós nunca se quer olhamos pra ele. A gente olha pra rua, olha por olhar, agora depois dessa a gente não consegue mais sair na frente da casa, sem olhar pra a casa daquele imundicie!

Por que essa porcaria desse tiozinho não levanta o muro da casa dele? Só pq a gente mora de aluguel tem que morar enjaulado? E pra terminar clichê... "onde estão os direitos humanos nessa hora?"

3 comentários:

Nanda Assis disse...

pior q sogra e vizinho.

bjosss...

ex-controlador de tráfego aéreo disse...

Oi Lucí,
Faz um tempinho que não apareço nos blogs que relacionei como bons e nem escrevo também, não quero. Mas, agora ao abrir o blog do amigo gaúcho, Gerson, aliás muito bom, me deparo com sua mazela. Caramba, vizinho, às vezes, é um pé no s....
Aponte-me um vivente que já não tense incomodado com o vizinho e eu te apontarei um tremendo anjo. Bem, há que se considerar também a pouca tolerância que temos, talvez pelo resguardo que mantemos e um pouco de prudência, também. O que quero dizer é que tem gente que precisa se reeducar, ou ser reeducado para viver nas "comunidades". Eu também amargo uma situação por aqui. Domingo mesmo tive que pedir a um vizinho para tirar o seu acrro de minha calçada. É mole?
Um abraço fraterno, moça!!!

Pelos caminhos da vida. disse...

Que vizinho hem...

beijooo.