segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Conhece-te a ti mesmo!


Se não estou enganada esse já foi título/ tema de outra postagem. Nosso amigo Sócrates é autor de tão famosa frase. Não é o tipo de coisa que eu penso em discordar. Não. Jamais!

Conhecer a si mesmo não é tarefa fácil. Conheço poucas pessoas que afirmam ter esse auto conhecimento.

Sou uma delas.

Conhecer a si mesmo evita muitos transtornos ou não. Por que conhecer-se não basta, principalmente quando se tem traços de personalidade como os meus: racionalidade, impulsividade, explosão. Conheço meus defeitos. Não é segredo pra ninguém isso.

Conhecer-me não é mais o suficiente. Eu preciso controlar esse bicho que existe dentro de mim. Ainda não descobri a receita para o auto controle, pena que Sócrates não tenha nenhuma ou tem? Desconheço.

Qual é o meu limite?

A resposta desse questionamento daria a solução para os meus problemas.
Sabendo os meus limites eu posso parar antes. Posso tentar me segurar.
Eu não tenho essa resposta.

Quando a palavra "limite" me veio a mente. Eu lembrei dos animais. Sempre os animais. Por que infelizmente eu me comparo a eles. Nunca sabemos o limite de um animal, as vezes não entendemos o porque nos atacam, pareciam gostar da brincadeira, nos ferem sem menos mostrar os dentes antes ou nos avisar.

Já que desconhecemos os limites de um animal, o que devemos fazer? Respeita-los. Ama-los, porém sempre estarmos preparados para que não nos peguem desprevinidos.

Conhecer a si mesmo, conhecer a natureza humana, não é o suficiente. O suficiente seria conhecer o limite de cada um, saber até onde ir. Não sabemos. Respeitar é a palavra. Estar sempre alerta para os pequenos sinais.

Saber perdoar, saber pedir desculpas e entender que somos todos animais tentando controlar nossos instintos

2 comentários:

Juliana Lira disse...

Lucí

Não me conheço tão bem, as vezes ainda me surpreeendo com algumas facetas minhas.
Mas concordo com vc, o respeito é mesmo o caminho!

Milhões de beijos

Lusinha disse...

Gostei da última frase "somos todos animais tentando controlar nossos instintos".
Bjitos!