sexta-feira, 1 de novembro de 2013

..coisa de criança

Não sou muquirana, mas não sou adepta ao desperdício. Uma calça descosturou na costura da parte de trás, sem tempo para costurar e sem vontade, ando com ela por casa com o furo, mas eu sempre lembro da existência dele.
 
Por esses dias, organizando algumas coisas no jardim, escuto risinhos da sacada do vizinho. Sim estava eu de costas, e já sabia o por que dos risinhos das meninas, sim era por causa da minha calça furada no bumbum.
 
Espiei, elas olhavam e riam... quando olhava elas se escondiam.
 
Continuei e terminei o que estava fazendo e os risinhos não cessaram. Perguntei a elas do que elas riam, esperando qualquer resposta..
 
"-Tia, é que você não viu que sua calça está furada!".
 
... "Vi sim, uso assim para pegar um vento!" Brincando com elas e saí..  O fato entre eu não saber ou saber, era importante pra elas, por que pararam de rir e ficaram pensando sobre o assunto.

Nenhum comentário: