terça-feira, 29 de outubro de 2013

...na linha do tempo...

As vezes dá vontade de desacelerar a vida. Ficar atoa. Passar o tempo sem pensar que se está perdendo tempo. Ela já está com quase 8 meses, dorme o sono dos anjos que o tempo ainda lhe permite, sei que ao acordar vai me presentear com um belo sorriso e um olhar cheio de inocência.
Esse ano voou. Tenho a sensação que o dia passa que eu nem sinto.  É de manhã, logo será noite, e um novo dia recomeça. Uma única verdade, não tenho tempo. Meu dia é rigorosamente cronometrado, mas dou conta de tudo e esse tudo eu dou conta. Tento ser boa o suficiente, boa mãe, boa esposa.. acho que estou conseguindo.
Ainda tem o trabalho, já ouvi tantas besteiras sobre isso, só tenho uma coisa a dizer: “ – Trabalho por que gosto de dinheiro. Gosto do meu dinheiro, seja ele pra ficar no banco e eu só olhar o saldo e ficar satisfeita ou pra eu comprar o que eu bem entender com ele, sem precisar pedir a ninguém, muito menos pra marido.”
 
As coisas já se encaixaram, tudo sincronizado. Tanto que já deu pra pensar e fazer besteiras, que talvez um dia eu as desabafe por ai. As unhas continuam roídas, os cabelos por fazer, os quilos alguns permanecem em mim, mas por dentro calmaria
 
O temperamento ainda o mesmo, não atinjo o tão esperado equilíbrio. A doçura ainda se faz presente assim como a pimenta. Decepcionada com a maioria das pessoas, acho que voltei a ser eu mesma, talvez um dia eu conte por que sou assim esse bicho do mato, pois descobri os motivos revirando o passado, como já disse antes, lembro que nem sempre fui assim, mas também deixei de lutar contra.
O destino gosta de brincar comigo, traz o passado. Bate na minha porta. Isso não foi muito
legal. Respostas.
Vou dizer

Que nessas frases tem um pouco de nós dois
Que não deixamos o agora pra depois
Quando te vejo eu me sinto tão completo
Por onde eu vou

E nesses traços vou tentando descrever
Que mil palavras é tão pouco pra dizer
Que um sentimento muda tudo
Muda o mundo
Isso é o amor
(Na linha do tempo - Victor e Leo)

Nenhum comentário: